Emater quer incrementar a renda de famílias quilombolas em Tomé-Açu

Da Redação
Agência Pará de Notícias
Atualizado em 08/01/2014 16:55:00

Na comunidade São Pedro, na zona rural de Tomé-Açu, nordeste paraense, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater) começa a desenvolver um projeto inovador com 35 famílias de quilombolas que moram nas margens do Rio Acará-Miri. Na comunidade, a Emater está implantado um sistema agroflorestal, a fim de oferecer às famílias novas alternativas de produção.

O projeto combina andiroba, cacau e açaí. As espécies foram escolhidas de acordo com a aptidão dos agricultores e também com vistas no aproveitamento das áreas que já registram produção de açaí nativo. A ideia da Emater é incrementar em três anos, quando acontece a primeira colheita da safra do cacau, a renda das famílias em 200%.

Segundo o técnico da Emater Pedro Rodrigues, o projeto combina culturas com produção com médio, longo e curto prazo. No caso dos quilombolas a equipe técnica trabalha também com a mandiocultura, principal atividade da comunidade. Com o uso do sistema agroflorestal, as roças permanecem com solo bom para produção por até 15 anos, enquanto que usando a monocultura, as roças precisam ser renovadas a cada colheita.

Outra vantagem do sistema agroflorestal é o aumento da biodiversidade das áreas, a criação de um novo clima com a inserção de novas espécies nas áreas, a proteção do solo contra a erosão e a prevenção contra o desmatamento. “Nossa expectativa é demonstrar que, adotando esse sistema, evitaremos a abertura de novas áreas”, diz Pedro Rodrigues.

Nesta quarta-feira (8), os quilombolas receberam a equipe técnica da Emater para a identificação das famílias que serão beneficiadas com o Programa Nacional de Habitação Rural (PNHR).

Iolanda Lopes
Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará

TAGS
ASSUNTOS RELACIONADOS
LINKS IMPORTANTES

WEBMAIL AGÊNCIA •  WEBMAIL SECOM •  SGN.NET •  MIDIAIP
Site desenvolvido pela Diretoria de Comunicação Institucional da Secretaria de Estado de Comunicação - Governo do Pará.