Servidor da Sectet participará de curso sobre desenvolvimento industrial no Japão

12/08/2019 09h13 - Atualizada em 12/08/2019 13h49
Por Cintia Magno (SEPLAN)

O diretor de ciência e tecnologia da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), Demethrius Pereira Lucena de Oliveira, irá ao Japão participar do curso "Desenvolvimento Industrial Utilizando Recursos Locais" no período de 31 de agosto a 03 de outubro deste ano. O treinamento é disponibilizado pela JICA (Japan International Cooperation Agency) em mais uma parceria com o Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan).

O curso tem como propósito identificar como é possível utilizar recursos culturais, históricos, naturais e de características geográficas próprias que todo país detém em prol do desenvolvimento regional. De acordo com o manual do programa oferecido pela JICA, o treinamento deve possibilitar que os participantes sejam capazes de “considerar a implementação de políticas e atividades de desenvolvimento industrial e promoção regional através do aprendizado de práticas realizadas no Japão com foco no desenvolvimento de indústrias que utilizam recursos locais”.

Selecionado dentre os inscritos para representar o Estado do Pará no treinamento, Demethrius Lucena aponta que, a partir do curso, será possível fazer uma ligação entre o Pará e o Japão em uma das áreas mais importantes para o Estado, o desenvolvimento industrial regional. “Precisamos verticalizar cadeias produtivas como, por exemplo, a do açaí, a do cacau, a da pesca, da mandioca entre tantos outros recursos florestais e fitoterápicos que são a fonte de sustento de milhares de famílias em nosso Estado”, considera. “Sinto-me abençoado por Deus em receber este verdadeiro presente, custeado pelo governo Japonês. Uma oportunidade ímpar em aprender como eles reconstruíram suas cidades”.

No retorno a Belém, o diretor de ciência e tecnologia aponta que pretende compartilhar os conhecimentos adquiridos com governo, através de palestras, seminários e atos. “Estou certo de que este Governo vai mudar o futuro dos paraenses, desde aqueles que plantam aos que exportam, gerando mais emprego e dignidade, em um modelo que certamente poderá ser reaplicado em toda região Norte e Nordeste do país”.

Kyushu - Dentro do programa, o exemplo utilizado será o da ilha de Kyushu, localizada na região sudoeste do Japão, e na qual, segundo o manual do programa, “modelos únicos de desenvolvimento industrial foram realizados”. A região é conhecida pela produção agrícola, de móveis e pela indústria têxtil. "Os participantes também aprenderão sobre os papéis do setor público, concentrando-se em políticas e medidas de apoio, incluindo aquelas que visam apoiar as pequenas e médias empresas (PME) da região”.

Seleção - A Seplan foi a responsável por receber o material dos interessados em participar do processo seletivo que atendeu a critérios estabelecidos pela própria JICA. Constatado o cumprimento dos requisitos exigidos, os documentos foram encaminhados à JICA, responsável pela seleção nacional dos candidatos e divulgação do resultado final.