Receptivo no Aeroporto de Belém tem bênçãos, música e acolhimento

08/10/2019 18h02 - Atualizada em 09/10/2019 10h55
Por Israel Pegado (SETUR)

Está aberto oficialmente o receptivo ao turista que vem ao Pará por conta da Festividade do Círio de Nazaré. O marco de acolhida aos visitantes ocorreu na manhã desta terça-feira (8), na área de desembarque do Aeroporto Internacional de Belém, em Val de Cans, com a presença da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré e de autoridades, como o secretário de Estado de Turismo, André Dias; o presidente da Infraero, brigadeiro Paes de Barros, e o superintendente do Terminal em Belém, Fábio Rodrigues.O superintendente do Aeroporto, Fábio Rodrigues, e o secretário de Turismo, André Dias, com a Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Nazaré no Aeroporto de Belém

Com uma decoração temática alusiva à quadra nazarena, as boas-vindas aos visitantes incluíram um “banho” sobre as aeronaves, em operação executada pelos bombeiros militares do Pará que atuam no aeroporto. No desembarque houve apresentação de dançarinos de carimbó e entrega de fitas do Círio, sachês de cheiro do Pará e castanhas, além da exposição cultural Coletivo de Maria.

“A ação é fundamental. A gente fez uma pesquisa no Círio do ano passado com os turistas, e eles responderam que uma das coisas mais positivas foi a receptividade do povo paraense. Essa é a nossa marca registrada. O paraense sabe receber bem, e um dos primeiros contatos que eles têm é no aeroporto. Ao desembarcar, o turista já sente o clima da cidade durante o Círio. A gente espera encantar o turista a partir do primeiro segundo dele aqui em Belém”, disse o secretário André Dias.

Voos extras - Para este Círio 2019, a estimativa é que mais de 140 mil passageiros embarquem e desembarquem em Belém no período de 7 a 19 de outubro. O número é 4% maior em comparação a 2018, que contabilizou 134 mil operações. Para atender a grande movimentação, 45 voos extras já estão confirmados, além do aumento no quadro efetivo para garantir a fluidez e o bom funcionamento do terminal.

“A Infraero (Empresa de Infraestrutura Aeroportuária) se enche de felicidade para receber os passageiros que vêm a Belém, sem esquecer que esse passageiro é um romeiro e também um turista. Que estas ações de receptivo contribuam para fomentar e engrandecer o turismo em nosso Estado, porque potencial e capacidade para isso não nos faltam”, destacou Fábio Rodrigues.

O trabalho realizado no Aeroporto Internacional de Belém é resultado de parceria entre Infraero, Arquidiocese de Belém, Secretaria de Estado de Turismo (Setur) e Coordenadoria Municipal de Turismo de Belém (Belemtur).