Imprensa Oficial leva 'Portal do Conhecimento' à Festa Literária em Santarém

08/11/2019 16h28 - Atualizada em 08/11/2019 19h27
Por Ailson Braga (IOE)

A Festa Literária, que integra a programação da 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, chega a Santarém, no oeste paraense. A programação será aberta neste sábado (09), e continua até 17 de novembro, com a participação da Imprensa Oficial do Estado do Pará (Ioepa), que montou um estande de 30 metros quadrados. O espaço abrigará atividades educativas, lançamento de obras e prestação de serviços. A equipe de montagem fez os últimos ajustes nesta sexta-feira (8).

Várias obras serão lançadas no estande da Ioepa“A Ioepa vem para a Festa Literária de Santarém com um estande ambientado para receber os santarenos com vasta atividade. Teremos o lançamento de obras, e a ideia é a divulgação dos nossos serviços, apresentando para a sociedade, fazendo contatos com prefeituras dos municípios da região, mas também com o cidadão comum”, destaca Helena Nahum, diretora de Documentação e Tecnologia da Ioepa.

A Imprensa Oficial traz para a cidade o Projeto Portal do Conhecimento, que trabalha a política de acesso ao livro e à leitura, por meio da doação de obras, sensibilizando os estudantes para o contato com a literatura e aproximando o escritor do público estudantil. Jogos de mesa, tatame e um varal para atividades estarão à disposição do público infantojuvenil no estande da Ioepa.

“Tupaiulândia” - A prestação de serviços como o fomento à criação do Diário Oficial para os municípios e a Certificação Digital também integram a programação. O estande contará ainda com o lançamento de obras de autores paraenses, entre as quais o livro de Haroldo Maranhão, “Flauta de Bambu”, que marcou a criação da editora pública Dalcídio Jurandir.

No estande da Ioepa – responsável pela impressão – será lançada a quarta edição do livro “Tupaiulândia”, do historiador Paulo Rodrigues dos Santos, no dia 16 de novembro. Também no dia 16 haverá apresentação do Edital Prêmio Literário Dalcídio Jurandir 2019, que está com inscrições abertas pelo endereço www.ioepa.com.br até o dia 13 de dezembro. Os livros “Pastoral do Menor”, do Irmão Ronaldo David Hein, e “Terra Preta”, de Edvaldo Pereira, ambos de Santarém, serão relançados na Festa Literária.  

A 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes passou por diversas reformulações para torná-la mais inclusiva para a edição 2019, consolidando-se como um espaço de “construção de identidades para um lugar de fala”. “A mudança foi muito significativa, porque possibilitou uma participação mais ampla do público a partir das multivozes e diversidades. Isso é muito importante, e o público pode se sentir acolhido neste espaço”, ressaltou Helena Nahum.

Linguagens e expressões - A Festa Literária de Santarém é uma parceria do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), e Prefeitura do município, integrando as políticas públicas de fomento ao livro, à leitura e à difusão das linguagens e expressões culturais e artísticas. A ação tem o apoio da Ioepa e da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa).

Instalada em uma área de mais de 3.600 metros quadrados, a Festa Literária terá 43 estandes – sendo 23 do Pará e 20 de outros estados. O evento receberá mais de 80 toneladas de livros e cerca de 30 mil títulos expostos, nos estandes de 150 editoras. A expectativa é que mais de 70 mil pessoas passem pela Festa Literária nos nove dias de evento. (Texto: Weldon Luciano).