Pará é convidado a sediar Fórum de Infraestrutura Regional do Norte

A entidade que promove o evento escolheu o Estado como anfitrião devido às potencialidades em vários segmentos

17/12/2019 17h25 - Atualizada em 17/12/2019 19h13

O governador Helder Barbalho recebeu o convite feito pela ABDIBRepresentantes da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base (ABDIB) convidaram o Pará para ser anfitrião do Fórum de Infraestrutura Regional do Norte em 2020. O convite foi feito ao governador Helder Barbalho, durante reunião nesta terça-feira (17), em Belém. A ABDIB é uma associação que visa contribuir para o crescimento econômico e desenvolvimento social do Brasil, por meio de investimentos em infraestrutura e indústrias de base.

No encontro, o presidente executivo da entidade, Venilton Tadini, apresentou ao governador Helder Barbalho o planejamento para o Fórum de 2020, que pela primeira vez será realizado no norte do Brasil. Segundo ele, o evento será uma oportunidade de proporcionar visibilidade aos projetos da região e atrair investimentos ao Estado.  O objetivo do Fórum em 2020 é reunir no Pará e os nove governadores que integram o Consórcio Norte, para que mostrem as potencialidades e os principais projetos da região, e de cada estado.

O presidente executivo da ABDIB, Venilton Tadini, apresentou a Helder Barbalho o planejamento para o FórumVenilton Tadini informou que as potencialidades do Pará o fizeram escolher o Estado para sediar o próximo Fórum. "O Pará é um Estado emblemático pela sua dimensão territorial, pelas questões que envolvem aqui os vários tipos de investimentos, como energia, transporte e logística. Então, isso nos trouxe a propor ao governador a realização, como anfitrião, desse Fórum aqui no Pará", ressaltou.

Mercado global - O governador Helder Barbalho destacou a importância do convite ao Estado e agradeceu a oportunidade. "Nós desejamos receber o evento. O Fórum vai atrair para a nossa região mais investimentos nesses segmentos. Com isso, o Estado e a nossa região serão preparados e estarão ainda mais competitivos para o mercado global", disse o chefe do Executivo. 

Participaram também da reunião os secretários de Estado da Fazenda, René Sousa; de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Iran Lima; de Transportes, Pádua Andrade, e de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro Óde Almeida, e o chefe da Casa Civil da Governadoria, Parsifal Pontes.

Por Laíse Coelho (SECOM)