Serviço de emissão de contracheque para aposentados e pensionistas ganha mais agilidade

Totens no Igeprev e atendimento online devem reduzir filas na área de atendimento do Instituto

21/01/2020 15h10 - Atualizada em 21/01/2020 15h25

A Central de Atendimento do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado Pará (Igeprev) registrou que 45% dos atendimentos realizados em 2019 foram para emissão do contracheque dos beneficiários aposentados e pensionistas do Estado. Por isso, desde janeiro deste ano, o Instituto disponibilizou quatro totens de autoatendimento para a realização deste serviço. O objetivo é agilizar o atendimento na Central, onde são realizados cerca de 250 atendimentos por dia.

Ao chegar à central de atendimento, localizada na sede do Instituto, localizado na Avenida Alcindo Cacela, 1.962, se já tiver a senha de acesso, o beneficiário pode emitir o documento diretamente em um dos totens. Caso contrário, deve se dirigir a um guichê reservado especialmente para este serviço e informar os dados necessários ao atendente, para que a senha seja criada. Após isso, ele será direcionado a um dos totens para acesso e impressão do contracheque. Dois funcionários do Instituto estão à disposição para auxiliar no manuseio das máquinas e esclarecer dúvidas.

Para garantir ainda mais praticidade e comodidade ao beneficiário, o contracheque também pode ser emitido diretamente pelo site do Igeprev, sem que o beneficiário precise se deslocar ao Instituto. Basta acessar o site, clicar em “Emissão Digital do Contracheque” na página inicial e seguir as orientações.

Além de autonomia e praticidade, essas práticas ajudarão a descongestionar as filas nos guichês de atendimento, liberando espaço para processos mais complexos, garantindo assim uma melhor prestação de serviços à população.

A pensionista Maria do Socorro Ramalho esteve no Instituto nesta terça-feira (21) e gastou poucos minutos para criar a senha de acesso e emitir o contracheque. “Não conhecia essa opção. Soube hoje quando cheguei aqui. É ótimo. Bem mais rápido. Já pode fazer sem precisar ir para a fila”, disse.

Para a gerente da Diretoria de Previdência do Igeprev, Arlinda Bastos, a emissão digital garante autonomia e comodidade ao beneficiário, além de garantir mais qualidade no serviço oferecido ao público, desafogando o atendimento de demãos processos. “Inicialmente encontramos certa resistência em usar o acesso digital, entretanto, à medida que o beneficiário se familiariza com os totens e o espaço digital, essa resistência vai sendo vencida, propiciando uma maior comodidade ao usuário, que não tem que se deslocar ao Igeprev para consultar o contracheque. Além do que reduzimos o tempo de espera para os demais tipos de  atendimento”, explicou.

Por Lucila Pereira (AGE)