Segup ordena o tráfego e divulga os números 181 e 190 nas areias do Atalaia

O trabalho em Salinópolis, com o uso de bandeirolas, integra as ações do Sistema de Segurança Pública para o feriado prolongado

22/02/2020 16h07 - Atualizada em 22/02/2020 20h04
Por Aline Saavedra (SEGUP)

A Operação Carnaval com Segurança por todo o Pará, deflagrada na sexta-feira (21), mobiliza mais de 2.200 agentes de segurança pública em ações preventivas e ostensivas nas localidades mais procuradas pelos foliões no Pará. Considerada uma praia atípica, por permitir o trânsito de veículos na areia, Atalaia, no município de Salinópolis (nordeste paraense), recebe atenção especial da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup).

As bandeirolas estão ao longo de toda a Praia do Atalaia, com os números de emergênciaMil bandeirolas ordenam o fluxo de veículos nos dois sentidos ao longo de 2,5 quilômetros de praia. A iniciativa foi realizada com êxito pela Segup nas operações Verão e Festas Seguras, sendo repetida durante o final de semana prolongado do Carnaval, com o dobro do material. Além de orientar os motoristas, as bandeiras ajudam a divulgar os serviços oferecidos pelo sistema de segurança.

"Salinas, por ser o maior balneário do Estado do Pará, concentrando o maior fluxo de turistas e foliões nessa época, a Segup se faz presente aqui na Praia do Atalaia com o balizamento, para ordenamento do fluxo de pedestres e carros. Além de organizar os espaços, estamos informando os principais números úteis (181 e 190), para que em situações de emergência ou alguma denúncia que precise ser feita, as pessoas tenham os números que devem procurar de maneira fácil e próxima", destacou o secretário adjunto de Operações da Segup, Rômulo Rodovalho.

Zona de exclusão - O ordenamento do fluxo também abrange a limitação do tráfego de carros, ao criar uma zona de exclusão em locais onde há possibilidade de os veículos estacionados serem atingidos pela maré. O Grupamento Aéreo de Segurança Pública (Graesp) atua com o policiamento no ar e ações preventivas, a fim de evitar afogamentos.A iniciativa já foi realizada com êxito em outras datas

As ações não se limitam apenas à Praia do Atalaia. Na sede municipal e rodovias são realizadas blitzes educativas por agentes de trânsito, e fiscalizações por equipes do Detran e Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRV), da Polícia Militar. "O nosso alerta é para que as pessoas se divirtam com consciência e responsabilidade, para preservar suas vidas e as de terceiros. Iremos atuar de forma educativa, mas também reprimir toda ação que infrinja as leis. Detran e Polícia Militar realizam teste de alcoolemia em blitz da lei seca", informou o secretário adjunto.

Carnaval por todo o Pará – A operação integrada foi iniciada na sexta-feira (21) e prossegue até 2 de março. Todas as ações desenvolvidas pelo policiamento ostensivo, a pé e motorizado, radiopatrulhamento, policiamento rodoviário nas estradas estaduais, policiamento fluvial e preservação do meio ambiente serão intensificadas durante a semana de eventos carnavalescos.

O trabalho dos mais de 2.200 agentes de segurança tem o apoio de 109 viaturas, 20 embarcações e três aeronaves do Sistema de Segurança Pública. Participam da operação a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Grupamento Fluvial (GFlu), Grupamento Aéreo (Graesp) - os dois últimos vinculados à Segup -, Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), Departamento de Trânsito (Detran) e agentes municipais.