Cortes no abastecimento de água estão suspensos por 30 dias

Os pagamentos e faturas serão enviados e cobrados normalmente

20/03/2020 14h16 - Atualizada em 20/03/2020 15h29
Por Tayná Horiguchi (COSANPA)

Em cumprimento à determinação do Governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, a Companhia de Saneamento do Pará suspendeu as ações de corte de água por 30 dias no Estado. Ou seja, os consumidores que estavam com contas em atraso e em situação de corte programado, não terão o serviço suspenso por falta de pagamento.

“De acordo com a determinação do Governo do Estado, a Cosanpa não irá fazer corte de água durante os próximos 30 dias, assim vamos fazer o possível para que as pessoas não fiquem sem água que é um bem tão importante, principalmente neste momento da Covid-19. Vale lembrar que essa medida não significa uma anistia do pagamento por 30 dias, mas sim uma suspensão provisória do corte, então vamos ter consciência, pagar as contas em dia e, aquele que não puder fazer o pagamento, pode ficar tranquilo que não faremos o corte”, explicou José Antonio De Angelis, presidente da Cosanpa.

A medida é para garantir a continuidade dos serviços de abastecimento de água aos consumidores que não consigam efetuar o pagamento das respectivas faturas, neste momento de atenção no país. Entretanto, o consumo continuará sendo medido e as contas serão cobradas dentro das datas programadas.

Além disso, o presidente da Cosanpa ressaltou que o atendimento presencial ao público também está suspenso. O atendimento segue exclusivamente pela internet e pelo telefone para pedidos de serviços, negociações e para esclarecimento de dúvidas. As equipes de operação, de retirada de vazamentos e de cadastramento seguem trabalhando nas ruas.

“Nossas equipes seguem trabalhando juntamente com as terceirizadas para manter a nossa manutenção e operação de todo sistema e garantir o abastecimento. As situações que ocorrerem de falta de água devem ser informadas à Cosanpa pelo site da Companhia e pelo 0800 70 71 195”.