Polícia Civil apreendeu mais de mil litros de álcool em gel vendido a preço abusivo

Balanço é referente ao período entre 19 e 30 de março. Ações contam com apoio do Procon Pará

30/03/2020 13h59 - Atualizada em 30/03/2020 16h47
Por Cristiani Souza (PC)

Mais de 1.300 litros de álcool em gel foram apreendidos pela Polícia Civil entre 19 e 30 de março. A ação realizada em todo o Estado combate a prática do Crime Contra a Economia Popular. Nesta segunda-feira (30), a operação foi realizada no distrito de Icoaraci e seguiu com apoio de equipes do Procon.

 A Polícia Civil também continua fiscalizando o fechamento de academias, bares, restaurantes, casas noturnas e estabelecimentos similares. A determinação é constatar o cumprimento à Portaria 117/2020, publicada no boletim interno da instituição, considerando o disposto no artigo 14 do Decreto Estadual n° 609/2020, o qual estabelece o fechamento desses estabelecimentos comerciais como medida de combate à disseminação do novo coronavírus. 

Em Belém e Região Metropolitana, 295 estabelecimentos foram fiscalizados e 91 fechados em 12 dias de operação. Já no interior do Pará, foram realizadas 98 operações com 346 estabelecimentos fiscalizados que resultaram no fechamento de 197 locais. Ação totaliza ainda nove pessoas presas.

“Desse total de álcool em gel, mais de mil litros, acondicionados em 241 vasilhames de 5 litros, apreendidos pela Polícia Civil durante a operação “Usura”, foram distribuídos entre os órgãos que compõem o sistema de segurança pública, Secretaria Estadual de Saúde e Secretaria Municipal de Saúde de Ananindeua. A apreensão desse material se deu após denúncias recebidas que o litro de álcool em janeiro era vendido a R$ 17,99 e agora em março estava sendo comercializado a R$ 46,60. O de 5 litros estava sendo vendido a 76,90 e, neste mês, a R$ 199”, explicou o delegado-geral, Alberto Teixeira. 

Serviço:

As denúncias poderão ser feitas através do Disque Procon (151) e Disque Denúncia (181). O consumidor também pode denunciar pelo aplicativo de mensagens. O número é (91) 99230-0151 e através do número (91) 98115-9181 (Iara).