Ambulatório da Fundação Hemopa é referência no atendimento ao hemofílico

17/04/2020 17h12
Por Anna Cristina Campos (HEMOPA)

Hoje, dia 17 de abril, é comemorado o Dia Mundial da Hemofilia, criado para conscientizar autoridades e a sociedade em geral da importância e cuidado que se deve ter com pessoas que convivem com transtornos de coagulação. 

A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará – Hemopa, é referência no tratamento de pacientes hemofílicos e, atualmente, possui 440 cadastros ativos. O atendimento hematológico oferecido aos pacientes é multiprofissional, com assistência médica, odontológica, psicológica, farmacêutica, com assistência de fisioterapia, enfermagem, pedagogia e assistência social. O processo é completo e focado na humanização.

“O nosso intuito é sempre realizar um atendimento de forma bem direcionada, buscando a qualidade de vida desse usuário e o sangramento zero. Com a profilaxia, principalmente, evitamos o sangramento inesperado que pode ter um desfecho fatal”, destacou Dra. Saide Sarmento Trindade, médica hematologista e coordenadora do atendimento ambulatorial do Hemopa Belém.

Entre os pacientes está Gilberto Rodrigues, de 49 anos. Ele recebe assistência multiprofissional do Hemopa há mais de 40 anos. “Eu conheço toda a equipe do Hemopa. Para mim faz parte da minha rotina. A minha vida é tranquila devido ao tratamento que eu recebo desde a infância aqui”, disse o paciente que é técnico de informática e leva uma vida saudável.

Atualmente, Gilberto não precisa ir ao Hemopa com tanta frequência, de três em três meses é satisfatório para o tratamento. Já fez até uma tatuagem para marcar na pele que é possível conviver com a hemofilia seguindo orientações profissionais.

Atendimento Ambulatorial do Hemopa

Atualmente, o Ambulatório do Hemopa, em Belém, possui cerca de 15 mil pacientes ativos. Por causa do período de pandemia de Covid-19, o atendimento ao paciente teve que ser readequado para evitar aglomerações, de acordo com as diretrizes da Organização Mundial de Saúde. 

A equipe do ambulatório priorizou os casos de maior urgência e reagendou consultas de rotina. O atendimento é realizado de segunda a sexta, de 7h às 16h. E a distribuição de medicamentos também foi estendida para o sábado, de 8h às 15h.

Para saber mais sobre o atendimento ambulatorial pode ligar para (91) 3110-6500.