Inscrições para o Startup Pará são prorrogadas até 31 de julho

Programa vai investir em empreendedores com ideias e iniciativas inovadoras

29/05/2020 13h21 - Atualizada em 29/05/2020 13h43
Por Jeniffer Galvão (SECTET)

A Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (Fapespa) prorrogou o prazo para submissão de propostas ao Programa Startup Pará, iniciativa de fomento ao empreendedorismo paraense.  O prazo que se encerraria neste sábado (30/05) foi prorrogado até o dia 31 de julho/2020. O Startup Pará é um programa do Governo do Estado desenvolvido pela Fapespa, em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet) e Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad). Confira as novas datas na Portaria N° 097/2020.

“A prorrogação das inscrições e as demais mudanças no cronograma do programa se fazem necessárias diante das circunstâncias especiais que estamos vivendo, impostas pela pandemia do novo coronavírus. O programa será mantido e se faz ainda mais importante nessa nova realidade”, enfatiza Maria Trindade, coordenadora do Startup Pará. Ela destaca que ideias e iniciativas inovadoras são fundamentais para enfrentar a realidade que virá pós-pandemia .

Programa – O Startup Pará teve o edital lançado pelo Governo do Estado no início de fevereiro deste ano e irá selecionar dez propostas em cada uma das duas modalidades do programa. Os empreendedores selecionados receberão capacitação, treinamento, mentoria e apoio financeiro.  

A modalidade “Novos Negócios” é voltada a projetos de processos ou produtos inovadores, com potencial para se transformar em empreendimentos que incorporem novas tecnologias. A modalidade “Aceleração” abrange propostas que já tenham um produto ou que já disponham de clientes, mas que necessitam alavancar as vendas e/ou acelerar seu negócio a partir de assistência técnica especializada.

As propostas nas duas modalidades devem estar dentro das áreas temáticas do programa que são: educação; energia; mineração; saúde e qualidade de vida do cidadão; Govtech (Inovação na Administração Pública); Agrotech, com destaque para agroindústria e piscicultura; biotecnologia; Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC); inteligência artificial; e logística.

Investimento - Serão destinados recursos no valor global de aproximadamente R$ 3,5 milhões sendo investidos até R$ 2,8 milhões diretamente nas propostas. Para a modalidade “Aceleração”, as propostas devem ter valor de até R$ 200 mil e para a modalidade “Novos Negócios”, as propostas devem ter valor de até R$ 80 mil, perfazendo um total máximo de investimento de R$ 2,8 milhões. Os demais recursos financeiros serão utilizados no desenvolvimento do programa.

Todas as informações sobre o Startup Pará estão no site www.startuppara.fapespa.pa.gov.br, onde também podem ser feitas as inscrições.