Governo antecipa entrega do Hospital Regional de Castanhal com mais 120 leitos, sendo 100 clínicos e 20 de UTI

03/06/2020 21h07 - Atualizada em 04/06/2020 00h46
Por Matheus Rocha (SEDOP)

Governador Helder Barbalho na chegada ao Hospital de Castanhal, que entra na luta contra a Covid-19Com seis meses de antecedência, o Governo do Pará abriu nesta quarta-feira (3) o Hospital Regional de Castanhal, na Região Metropolitana de Belém, para reforçar o atendimento durante a pandemia de Covid-19. A população de Castanhal e de outros municípios próximos passará a dispor de mais 120 leitos - 100 clínicos e 20 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) -, voltados, neste momento, exclusivamente para pacientes com Covid-19. O governador Helder Barbalho e outras autoridades participaram da entrega dos leitos.

A abertura do Hospital Regional de Castanhal, que era prevista para o final do ano, foi antecipada pelo governo. O Hospital será referência para o atendimento de pacientes de Castanhal e de municípios do nordeste do Pará. "Neste momento o Hospital estará sendo referência para Covid-19, atendendo aos municípios da região de maneira regulada pelas centrais de regulação de leitos. Passada a pandemia, nós adequaremos o Hospital para traumatologia e oncologia", informou Helder Barbalho.

Ao lado de outros gestores e parlamentares, Helder Barbalho esteve nas dependências do hospitalSegundo o secretário de Estado de Saúde Pública Alberto Beltrame, “a antecipação da entrega do Hospital Regional de Castanhal ocorre em uma hora extremamente oportuna. Num momento em que o número de casos de Covid começa a crescer no interior e a oferta de mais 100 leitos clínicos e 20 de UTI servirá pra atender toda a região nordeste do Estado e, além disso, desafogar a demanda por leitos de UTI e clínicos da Região Metropolitana e da cidade de Belém. É uma grande iniciativa, é um grande momento, e a partir de amanhã o Hospital está disponível para atender todos os casos de Covid-19 que venham a ocorrer, regulados dentro da região nordeste do Estado”.

Facilidade de acesso - A comerciante Janice de Souza nasceu e cresceu em Castanhal, e como moradora destacou a importância da obra para a população. "É muito bom ver um hospital como este sendo inaugurado aqui. Muitas vezes a gente tinha que dormir em Belém para conseguir uma vaga de leito. Agora, com o novo hospital, será mais fácil pra gente. Foi uma excelente escolha do Governo construir o hospital em Castanhal", afirmou Janice.O Hospital Regional vai atender logo pacientes de Covid-19 enviados pela Central de Regulação

O vice-prefeito de Castanhal, Landry Adelino, participou da entrega e também destacou a importância da unidade de saúde para a região. "Esta é uma obra muito importante. Estávamos esperando por isso, não só a população de Castanhal, mas de toda a região nordeste. Temos mais de dez municípios atendidos por Castanhal, e este Hospital vai nos ajudar a absorver esta demanda", afirmou o gestor público.

Para o deputado estadual Júnior Hage, a entrega do Hospital Regional, neste momento, é de extrema importância por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus. "É uma obra importante para toda a região e para a saúde pública do Pará. O Governo está de parabéns!", afirmou o parlamentar.

Durante a entrega dos leitos, o bispo de Castanhal, Dom Carlos Verzeletti, abençoou os espaços que serão destinados aos pacientes de Covid-19. "Vim para pedir que Deus abençoe o trabalho que aqui será realizado e todos os profissionais de saúde, para que possam acolher bem os doentes e fazer todo o possível para que eles possam recuperar a saúde e voltar para as suas casas totalmente renovados e curados", disse o religioso.

A unidade dispõe de equipamentos necessários ao diagnóstico da doençaO Hospital Regional de Castanhal já deve começar a receber pacientes. A partir do dia 15 de junho serão disponibilizados mais 40 leitos de UTI, que se somarão aos 120 entregues hoje. A obra deve ser totalmente concluída até o final de setembro próximo.

Curso de Medicina - Ainda durante a entrega dos leitos, o governador Helder Barbalho anunciou que a Universidade do Estado do Pará (Uepa) abrirá processo seletivo para o curso de Medicina em Castanhal. O Hospital Regional será retaguarda, em um modelo de hospital universitário.

"O Hospital, que já oferece questões preventivas e curativas na área de doenças, tem também uma grande possibilidade acadêmica, tanto para os residentes quanto para os acadêmicos. Aqui podemos potencializar a utilização do Hospital na área de pesquisa e ensino", informou o reitor da Uepa, Rubens Cardoso da Silva.

Ainda segundo Helder Barbalho, a previsão é que o processo seletivo ocorra no segundo semestre de 2021.

O Hospital Regional de Castanhal será concluído em setembro próximo