‘Asfalto por Todo o Pará’ avança em Belém e no interior

Primeira etapa assegura serviços de drenagem, pavimentação asfáltica e calçadas em vias urbanas das 12 regiões de Integração do Pará. O programa envolve cerca de sete mil trabalhadores paraenses.

03/08/2020 14h30 - Atualizada em 03/08/2020 16h40
Por Giovanna Abreu (SECOM)

Na Região Metropolitana de Belém (RMB), as obras avançam nos bairros do Guamá, Terra Firme e Distrito de IcoaraciO Programa “Asfalto por Todo o Pará” conta com 61 frentes de trabalho já ativas, distribuídas pelas 12 regiões de Integração do Estado. Na Região Metropolitana de Belém (RMB), as obras avançam nos bairros do Guamá, Terra Firme e Distrito de Icoaraci. Outros nove bairros, além dos distritos de Mosqueiro e Outeiro, também receberão obras de pavimentação.

Secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), Ruy Cabral afirmou que “inicialmente, seriam destinados 60 km para a capital e distritos. Por conta das demandas, o Governador Helder Barbalho decidiu expandir o projeto, ampliando mais 40 km a serem distribuídos nos bairros com maiores necessidades”.

Ao todo, nessa primeira etapa, serão destinados 100 km de serviços para a RMB. Segundo o secretário, além do asfaltamento, são realizados serviços de base, como terraplanagem, meio-fio, calçadas.

Secretário de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Ruy Cabral afirma que programa valoriza áreas de maior acesso da população “Nós estamos trabalhando, principalmente, em ruas que nunca receberam esse tipo de serviço. São ruas de pavimento nativo, aquele que a lama e a poeira tomam conta da realidade”, lamentou o titular da Sedop.

Dos 505 km destinados à primeira etapa do programa, 92% já foram contratados, o que representa cerca de 450 km com a contratação finalizada. Desse percentual, 60% das obras já estão em andamento.

Entre trabalhos diretos e indiretos, 'Asfalto por Todo o Pará' já garante oportunidade no mercado a sete mil profissionais paraenses “Esse projeto visa dar mais qualidade de vida à população, garante melhor mobilidade urbana para os municípios beneficiados e, consequentemente, valoriza os imóveis dos moradores das áreas contempladas”, salienta o secretário Cabral. 

O titular da Sedop frisou que “realizar esse projeto é uma satisfação enorme para o Governo do Estado. Com muito esforço e dedicação, estaremos garantindo esses serviços para municípios, que não têm condição de desenvolver um projeto de infraestrutura dessa envergadura. Estamos valorizando áreas de maior acesso da população, próximas às escolas, postos de saúde, hospitais, unidades policiais, centros comerciais, para que as pessoas tenham acesso rápido e fácil”, complementa. 

Em 2021, a previsão é de que pelo menos 90 municípios sejam contemplados com as obras.

VALORIZAÇÃO

O programa envolve mão de obra, direta e indireta, de cerca de sete mil trabalhadores paraenses. "Estamos em permanente diálogo com as empresas executoras das obras para incentivar a contratação de mão de obra local, visando à valorização dos profissionais. O que também representa mais recursos injetados na economia do Estado e proporciona maior arrecadação para os municípios beneficiados”, ressalta o titular da Sedop. 

SEGUNDA ETAPA

Em 2021, iniciará a segunda etapa do Programa ‘Asfalto por Todo o Pará’, que garante a expansão de mais 500 quilômetros a serem distribuídos para os municípios paraenses. A previsão é de que a fase de licitação do adicional seja concluída até o final de 2020 e até a metade do próximo ano, todas as frentes de serviços estejam em andamento.

Ao todo, serão 1.005 km oferecidos nas duas etapas do projeto. “Já estamos produzindo um novo levantamento sobre os municípios que serão beneficiados. Trabalhamos de forma integrada com as prefeituras municipais, para definir a distribuição de quilometragens, de acordo com as necessidades dos municípios”, assegura Ruy Cabral.