Hospital Regional da Transamazônica já atende com novo mamógrafo

Equipamento oferece tecnologias exclusivas, mais agilidade no manuseio e alta qualidade nas imagens

19/10/2020 10h30 - Atualizada em 19/10/2020 12h56
Por Karine Sued Oliveira (HRPT)

Pacientes são atendidas com novo mamógrafo instalado no Hospital Regional Público da Transamazônica

Pacientes do Hospital Regional Público da Transamazônica (HRPT), em Altamira, contam agora com um serviço que garante mais conforto, rapidez e praticidade. A unidade instalou um novo mamógrafo utilizado para rastreio e diagnóstico do câncer de mama. 

“O exame foi muito tranquilo e não senti nenhuma dor ou incômodo. Desde a marcação até hoje, foi tudo muito rápido”, comentou Luciene Ferreira, de 54 anos, uma das primeiras pacientes a realizar o exame no novo mamógrafo.

O equipamento foi adquirido pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), com investimento de R$ 680 mil.

“Para nós, que somos referência nos atendimentos na região do Xingu, o mamógrafo chegou em uma boa hora. O equipamento possui uma série de recursos tecnológicos, que facilitará o diagnóstico médico, além de dar mais agilidade nos atendimentos” - Edson Primo, diretor hospitalar do HRPT. 

No início de outubro, os técnicos de radiologia do HRPT passaram por uma capacitação sobre a utilização do mamógrafo. 

Tecnologia - Tanto o processamento como as imagens geradas pelo equipamento trazem inovações que garantem melhor visualização do tecido mamário e de detalhes de áreas anormais, fatores que facilitarão o diagnóstico de células tumorais.

Por mês, podem ser realizados 126 exames. O equipamento faz o exame em até três minutos e possui um botão inteligente que, configurado pelo profissional, executa automaticamente os movimentos necessários para registrar as imagens de diferentes ângulos.

Com tanta tecnologia, as pacientes ficam menos expostas à radiação e recebem mais atenção dos técnicos durante a realização do exame.

Caso a paciente apresente alguma alteração no exame, ela será imediatamente encaminhada para uma consulta com o mastologista da unidade, que avaliará o resultado e dará as orientações necessárias.

Consulta - Com o objetivo de intensificar o diagnóstico precoce do câncer de mama no mês de outubro, a Sespa disponibilizou uma ferramenta que facilita a marcação do exame. Mulheres entre 50 e 69 anos podem solicitar a mamografia pelo aplicativo de mensagens WhatsApp, por meio do número: (91) 99358-7182. O atendimento é feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.