Informe Segup III Operação Eleições 2020 - atualizado às 15 h

29/11/2020 15h18 - Atualizada em 29/11/2020 22h06
Por Walena Lopes (SEGUP)

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) informa que a “Operação Eleições” transcorre sem registro de ocorrências com maior gravidade, tanto em Belém quanto no município de Santarém, na região oeste, municípios onde ocorre o segundo turno.

A operação está sendo monitorada pelo Centro Integrado de Comando e Controle, com unidades nos dois municípios. O centro de Santarém repassa as informações ao comando estadual, por meio do Sistema Argos. Após receber os dados de cada região, o Centro Integrado do Estado alimenta o CICC nacional pelo sistema Córtex.A Polícia Civil já fiscalizou em Belém, como parte da Operação Lei Seca, 15 estabelecimentos comerciais

Efetivo - O efetivo total empregado pela manhã deste domingo (29), somando o policiamento diário mais o reforço para o segundo turno das eleições, ultrapassa 1.600 agentes de segurança pública. Atuam, no reforço, 1.424 agentes em Belém e 189 em Santarém. Há também o apoio de embarcações do Grupamento Fluvial.

Riscos - As ações redobradas dos órgãos de segurança estão voltadas para coibir a “boca de urna”, compra de votos, ameaças, conflitos e provocações entre representantes de partidos oposicionistas, manifestações / aglomerações de eleitores às proximidades de locais de votação, transporte irregular de eleitores (rodoviário ou fluvial), logística de deslocamento dos órgãos para locais de votação de difícil acesso e bloqueios às vias públicas.

A fiscalização contra venda de bebidas alcoólicas atende às normas que estabelecem a Lei Seca durante o período de votaçãoLei Seca - A Operação Lei Seca, realizada pela Polícia Civil neste domingo em Belém, fiscalizou 15 estabelecimentos comerciais. Todos foram notificados por descumprirem as regras estabelecidas na Portaria 207/2020, e 11 foram fechados e advertidos.

Videomonitoramento - Por meio do Centro Integrado de Operações (Ciop) é feito o videomonitoramento em tempo real dos principais corredores de veículos e pessoas, além dos principais locais de votação na RMB, com 209 câmeras.

Ocorrências - Na Escola Maroja Neto, no bairro da Pedreira, em Belém, uma eleitora se recusou a utilizar o álcool para higienização das mãos e, após a orientação para o uso, desacatou os membros da seção. A Polícia Militar foi acionada e a mulher foi encaminhada à Seccional da Sacramenta, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Boletim - A Segup informa que o próximo boletim será emitido às 19 h.