Cosanpa anuncia busca por recursos internacionais para investir em saneamento

O gestor José Antonio De Angelis reiterou a prefeitos eleitos e reeleitos o empenho do governo do Estado em ampliar os serviços da Companhia

12/12/2020 00h06 - Atualizada em 13/12/2020 10h09

A busca por recursos junto ao BID para investimentos em saneamento foi feito no Sem. “Novos Gestores 2021”, nesta sexta-feira (11) O anúncio da solicitação de recursos ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) para investimentos superiores a 125 milhões de dólares em obras de saneamento marcou a participação da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa) no Seminário “Novos Gestores 2021”, nesta sexta-feira (11), na Estação das Docas, em Belém. O presidente da Companhia, José Antonio De Angelis, apresentou aos prefeitos e prefeitas eleitos e reeleitos no Pará os projetos e ações em andamento, e as estratégias previstas para os próximos anos.

A busca por recursos faz parte da estratégia de recuperação da Cosanpa, que foi entregue à atual gestão com déficit na maioria dos municípios atendidos pela Companhia. “Não conseguimos recuperar os 25 anos em que a empresa ficou abandonada. Em dois anos ainda não foi possível fazer tudo o que é necessário. Mas, começamos, e com isso a gente espera que, nos próximos dois anos, possamos continuar esse trabalho para que as melhorias efetivamente cheguem a todos. Apresentamos uma nova gestão da Companhia, uma nova forma de pensar saneamento, e pensar juntos, com nossos clientes, prefeituras, todas as pessoas envolvidas, as melhores soluções para água e esgoto nos municípios do Pará”, ressaltou José Antonio De Angelis.

Um dos municípios atendidos pela Cosanpa é Marituba, na Região Metropolitana de Belém, onde foi entregue um novo sistema de abastecimento de água para atender moradores do bairro Beija-Flor, em março de 2020. “Acredito que a Cosanpa está em um novo caminho. Vamos caminhar juntos para melhorias em Marituba. O problema de saneamento se arrasta há muitos anos, e a população tem colocado esperança para que possamos mudar essa situação”, declarou a prefeita eleita de Marituba, Patrícia Mendes.

Por Tayná Horiguchi (COSANPA)