Campanha do Hemopa e Aeronáutica coleta mais de 350 bolsas de sangue

Ação solidária ocorreu no Hospital da Aeronáutica, de 8 a 15 de janeiro

16/01/2021 13h54 - Atualizada em 16/01/2021 18h35
Por Anna Cristina Campos (HEMOPA)

Washington Costa está prestes a entrar nas Forças Armadas. Pretende integrar a Aeronáutica e, na sexta-feira (15), já sentiu um pouco da responsabilidade de servir à Pátria. “Eu vejo como uma grande oportunidade estar servindo e doar sangue é uma experiência muito boa, ainda mais por saber que posso salvar vidas”, disse o futuro militar.

Assim como Washington, muitos jovens da Força Aérea Brasileira tiveram a oportunidade de começar a fazer o bem aos cidadãos, através da primeira campanha externa de doação de sangue da Fundação Hemopa, que ocorreu no Hospital da Aeronáutica, durante os dias 8, 11, 12, 13 e 15 de janeiro. Neste período, 405 pessoas compareceram para doar, das quais 354 estavam aptas e efetivaram a doação. Ainda foram realizados 16 novos cadastros de doadores de medula óssea.

O tenente coronel Luiz Eduardo Bueno da Silva, da Comissão dos Soldados da FAB, falou sobre a importância desta parceria entre Hemopa e Aeronáutica. “Nestas ações, o conscrito tem um exemplo de cidadania e amor ao próximo e essa é uma condição para que ele entenda o verdadeiro significado de fazer bem a pátria. A ação é frutífera para ambas as partes. A gente entende a dificuldade que o hemocentro tem de manter os estoques com número satisfatório de bolsas de sangue”, destacou.

Uma bolsa de sangue pode beneficiar até quatro pessoas hospitalizadas que necessitam de uma transfusão. Com as coletas efetivadas esta semana, mais de 1.300 pacientes podem ser atendidos.

“Começar o ano de 2021 com esse número expressivo de coleta de bolsas é muito animador. As Forças Armadas sempre atenderam aos nossos chamados. Desejamos que este seja um ano mais próspero para todos e que nunca falte sangue para os pacientes que tanto precisam”, destacou Paulo Bezerra, presidente da Fundação Hemopa.

O tenente coronel Jorge Antonio Carvalho Feijó, diretor do Hospital de Aeronáutica de Belém, já firmou o compromisso de nova campanha no mês de junho. “Mais uma vez, o Hospital da Aeronáutica de Belém mantém esse compromisso com o Hemopa. Doar sangue é um ato de amor ao próximo e os militares da guarnição da Aeronáutica de Belém procuram contribuir para manter o estoque abastecido".

Critérios – Para doar sangue é preciso ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal); pesar acima de 50 kg e estar em boas condições de saúde. É importante apresentar um documento de identificação oficial, original e com foto (RG, CNH, passaporte ou carteira de trabalho).

Durante a pandemia de Covid-19, foram incluídos critérios para quem teve da doença. É necessário esperar 30 dias após a cura para doar sangue. Quem teve contato com pessoas que tiveram Covid deve esperar 14 dias após o último contato.

Serviço:

Mais informações podem ser obtidas pelos fones: (91) 3210-6500 / 08002808118.