Abaetetuba terá novo sistema de abastecimento para atender a comunidade do Chicolândia

27/01/2021 14h42 - Atualizada em 27/01/2021 15h12

Na manhã desta quarta-feira (27), na sede da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa), o presidente da empresa, José Antonio De Angelis, recebeu moradores de comunidades da Ilha de Mosqueiro, distrito do município de Belém, e do município de Abaetetuba, no Baixo Tocantins.

A comunidade do Chicolândia, no bairro do Algodoal, em Abaetetuba, é uma área expandida do município e, por isso, não abastecida pela Companhia de Saneamento do Pará. A Cosanpa já realizou um estudo para ampliar o sistema e abastecer a área. A previsão é de que as obras se iniciem agora em 2021.

“Em Abaetetuba temos uma demanda antiga, da comunidade da área do Chicolândia no bairro Algodoal. Nós já tínhamos estudos prontos e fizemos uma junção dos projetos para atender essa população de acordo com os recursos da Companhia. O primeiro momento é já iniciar agora nesse primeiro semestre a licitação do projeto para que possamos executá-lo o mais rápido possível, e assim que a licitação for encerrada, dar início as obras ainda nesse ano de 2021. Além disso, vamos iniciar um estudo para abastecer todo município de Abaetetuba com captação superficial, um sistema novo que possa atender toda a cidade. Para que possamos modificar o abastecimento do local, deixar de ser subterrâneo e fazer um sistema com captação de água superficial do rio, um sistema novo para atender 100% a cidade”, explicou o presidente da Cosanpa, José Antonio De Angelis.

“Eu gostaria de agradecer toda equipe da Cosanpa, que sempre recebe a nossa comunidade, mais uma vez estamos aqui para tratar de um problema antigo no bairro do Algodoal, em Abaetetuba, mais precisamente na área do Chicolândia, são mais de cinco mil moradores sem o abastecimento da Cosanpa. Hoje, viemos aqui para pedir abastecimento de água nessa área. Essa reunião foi muito produtiva pois vimos que já existe uma projeto para nos atender e parece que esse sonho vai se tornar realidade nesse ano. Estou muito animado após essa reunião”, disse o presidente da Associação dos Moradores da comunidade Chicolândia, Nelson Maués.

O deputado estadual, Gustavo Sefer, também participou da reunião debatendo as demandas dos moradores dos municípios. “Eu queria agradecer a todos da Cosanpa por nos receberem e sempre estarem dispostos a atender a gente e as demandas que trazemos das comunidades de todo Estado. Sempre recebemos inúmeros pedidos de todo Pará quanto a pedidos por água, então hoje trouxemos dois grupos, um de Abaetetuba e outro de Mosqueiro, trazendo a solicitação de investimentos para que eles tenham água de qualidade e sejam abastecidos pela Cosanpa. Foi uma reunião muito satisfatória, pois a Companhia até já tinha estudos e projetos para mudar a realidade dessas pessoas, e agora é trabalhar para seguir melhorando o abastecimento em todo Pará”, afirmou Gustavo Sefer, deputado estadual.

Além da solicitação de Abaetetuba, também na reunião foi apresentado o pedido de abastecimento de água para duas áreas que fazem parte da comunidade do Caranduba, em Mosqueiro.

“Eu ressalto que é sempre muito bom receber a comunidade e, principalmente, quando eles nos procuram para querer receber o abastecimento de água da Cosanpa. Recebemos um representante da comunidade de duas novas áreas de Mosqueiro que não são abastecidas pela Companhia, então a partir dessa demanda da comunidade, vamos fazer estudos para implantação de um novo sistema, vamos verificar a possibilidade de já de imediato iniciar um abastecimento provisório para começar a abastecer essas áreas. Sabemos da necessidade da comunidade, pois é muita gente sem abastecimento. Vamos agilizar os processos para início dessas obras, pois sabemos que o povo dessas comunidades tem pressa. A ideia é abastecer o mais rápido possível, e ao mesmo tempo, executar um projeto para abastecer de forma definitiva. Vamos estudar as necessidades locais para entrar em operação”, destacou De Angelis.

Helton Nagoia, representante da comunidade do Caranduba, disse que foi a primeira vez que procurou a Cosanpa e já saiu bastante satisfeito por saber que existe a possibilidade do abastecimento chegar nessas áreas de Mosqueiro. “Viemos até a Cosanpa hoje, trazer uma demanda de um abastecimento de água, pois a nossas comunidades Dorothy Stang e Baixa do Mendes não possuem redes de água. Sabemos das dificuldades pois essa área era usada para mineração, o que implica na qualidade da água. E procuramos a Cosanpa para pedir que eles nos ajudem com um sistema de água para atender essas comunidades. Essa é a primeira vez que procuramos a Cosanpa e já fomos muito bem recebidos, vimos que a Companhia tem interesse e nos ajudar, estamos saindo muito satisfeitos. Nos colocamos a disposição também para retribuir todo esse trabalho que o Governo do Estado está fazendo pela comunidade”, pontuou o morador de Mosqueiro.

Por Bianca Buenaño (COSANPA)