Medidas integradas vêm garantindo atendimento a pacientes de Covid-19 no Baixo Amazonas

Governo do Estado compra insumos, transfere pacientes e age junto com os municípios para conter a segunda onda de contágio na região

28/01/2021 19h26 - Atualizada em 29/01/2021 15h33

Desde o agravamento da pandemia de Covid-19 nos municípios do Baixo Amazonas, no Oeste do Estado, o Governo do Pará vem executando uma série de medidas integradas para conter a proliferação da doença e garantir atendimento de saúde para a população, tanto paraense quanto do Estado do Amazonas. Entre essas medidas estão a compra de insumos, como cilindros de oxigênio; transferência de pacientes e cooperação com as secretarias municipais, repassando e aperfeiçoando orientações sobre como agir durante a segunda onda de contágio.Fornecimento de cilindros de oxigênio pelo Estado é uma das ações que garantem o abastecimento das unidades de saúde

Atualmente, o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), em Santarém, possui 71 leitos para tratamento de Covid-19, sendo 44 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI adulto), três de UTI neonatal, quatro de UTI pediátrica, além de 20 leitos clínicos. Até a manhã desta quinta-feira (28), o HRBA estava com a ocupação de 80% dos leitos clínicos e 97% dos leitos de UTI. Nos últimos 10 dias, 19 pacientes de outros municípios foram transferidos para a unidade, dos quais 14 permanecem internados. Para as transferências, o Governo do Pará colocou à disposição o transporte aeromédico com seis aeronaves, sendo dois aviões e quatro helicópteros.O serviço aeromédico é outra estratégia que vem salvando vidas na região

Os pacientes internados no Hospital Regional são oriundos dos municípios de Placas, Alenquer, Prainha, Faro, Oriximiná, Monte Alegre, Belterra e Curuá. As transferências são realizadas pela Central de Regulação do Estado (CRE), da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Nesta quinta-feira (28) foram registrados dois óbitos na unidade, que integra a rede pública estadual de saúde.

Somente na última semana, 41 leitos foram abertos no HRBA, entre clínicos e de UTI. O Hospital concentra o tratamento da Covid-19 para uma população estimada em 1,3 milhão de pessoas, de 30 municípios do oeste paraense.

Juruti - Desde o último dia 16 de janeiro, o Hospital 9 de Abril da Providência de Deus, em Juruti, recebe pacientes dos municípios da região, principalmente de Terra Santa e Faro.

De acordo com a última atualização, são 19 pacientes internados, sendo que seis estão com ventilação mecânica, 13 com ventilação não invasiva, três com prognóstico para intubação e um paciente aguardando regulação.A transferência de pacientes graves para hospitais com melhor estrutura é uma medida necessária no acirramento da pandemia

Itaituba - No Hospital Regional do Tapajós (HRT), em Itaituba, foram disponibilizados 60 leitos de UTI adulto e 54 leitos clínicos. Atualmente, 35 pacientes estão internados na UTI e 10 leitos estão reservados para doentes que vão chegar à unidade. Em relação aos leitos clínicos, há 30 internados e três reservados para novos pacientes.

Entre os internados, há pacientes de Curuá, Monte Alegre, Almeirim, Faro, Terra Santa, Santarém, Prainha, Placas, Rurópolis, Juruti e Oriximiná.

Texto: Mozart Lira (Ascom Sespa)

Por Rodrigo Reis (EMATER)