Barco Hospital realiza mais de mil atendimentos em quatro comunidades de Óbidos

Nesta quarta-feira (3), a embarcação segue no município e atende moradores de São Lázaro e N. Srª das Graças Paru. Na quinta-feira (4), é a vez de Oriximiná

03/02/2021 10h51 - Atualizada em 03/02/2021 11h41
Por Giovanna Abreu (SECOM)

Mais de mil atendimentos foram realizados nos dois primeiros dias de ação contra a Covid-19, na cidade de Óbidos, por meio do Barco Hospital Papa Francisco, acoplado à unidade Papa João Paulo II. Desde segunda-feira (1º), a embarcação já passou por quatro comunidades do município: Vila Poranga, São Raimundo, Santo Antônio Paraná de Baixo e Cristo Rei. Nesta quarta (3), a embarcação leva atendimento às comunidades de São Lázaro e N. Srª das Graças Paru, ainda em Óbidos.

Um dos pacientes atendidos foi Rosinaldo Souza, que frisou o quanto esse cuidado é essencial aos moradores da região do Baixo Amazonas. “A chegada desses serviços foi muito importante pra nós. Os ribeirinhos precisavam desse apoio”, ressalta.

Manoel Erielson, que também foi atendido na embarcação, ficou muito feliz pela oportunidade. “Recebi um serviço de qualidade, fui muito bem atendido. Só posso agradecer a Deus por essa oportunidade, do Governo deslocar os atendimentos para as pequenas comunidades de Óbidos”, afirma.

Nesta segunda (1º) e terça-feira (2), em Óbidos, foram realizadas 155 consultas de enfermagem e clínica; aferimentos de pressão; e orientações farmacêuticas. Quatro pacientes precisaram passar o dia em observação nos leitos clínicos. Também foram feitos mais de 240 exames laboratoriais; oito eletrocardiogramas; 26 raios-X; e cerca de 150 remédios foram dispensados.

A moradora de Óbidos, Idaiane dos Santos, que também recebeu atendimento na embarcação, afirmou que o sentimento é de gratidão. “Só posso agradecer muito por essa iniciativa do governo do Estado, foi uma ótima ideia de aproximar esses serviços das nossas comunidades”, ressalta.

ESTRATÉGIA

A embarcação, que é custeada pelo Governo do Pará, chegou à Calha Norte como estratégia de combate à pandemia no dia 20 de janeiro e já realizou atendimentos no distrito de Nova Maracanã, em Faro, e nas comunidades de Óbidos. Desde a última segunda-feira (1º), o Baixo Amazonas está em lockdown, após a alteração do bandeiramento de vermelho para preto.

PRÓXIMO DESTINO

De quinta (4) a sábado (6), o Barco Hospital leva atendimentos ao município de Oriximiná. O acolhimento será feito no porto da cidade. No mês de fevereiro, os serviços serão divididos em duas fases: do dia 1º até 12, a embarcação passará pelos municípios de Óbidos, Oriximiná, Terra Santa, Juruti e Curuá. Na segunda etapa, do dia 17 a 25, será a vez das cidades de Almerim, Prainha, Monte alegre e Alenquer.