TerPaz certifica moradores da Cabanagem em curso de Assistente Administrativo

O curso profissionalizante foi ofertado pela Secretaria de Educação do Estado do Pará (Seduc) em parceria com o Senai

02/03/2021 13h50 - Atualizada em 02/03/2021 16h14

Em tempos de difíceis adaptações em função da pandemia da Covid-19, as ações do Territórios Pela Paz (TerPaz), continuam levando benefícios para os moradores dos bairros de atuação do programa. E na manhã desta terça-feira (02), alunos do curso de Assistente Administrativo, receberam seus respectivos certificados de conclusão. O evento de encerramento da capacitação aconteceu na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Professor José Valente Ribeiro, no bairro da Cabanagem, em Belém. 

"Essa é uma ótima oportunidade que o projeto proporciona para os moradores aqui do bairro da Cabanagem, muitos pais de alunos da Escola, participaram do curso’’, afirmou a diretora da Escola José Valente Ribeiro, Ivanilda Vieira. 

O curso profissionalizante foi ofertado pela Secretaria de Educação do Estado do Pará (Seduc) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) para os moradores dos territórios acolhidos pelo TerPaz.

"Com a pandemia tivemos que reduzir o número de alunos e as aulas foram divididas em duas partes, uma presencial e a outra, por vídeo aula, obedecendo todos os protocolos de segurança’’, informou a titular da Câmara Técnica de Seduc, Luana Sarah.

O curso recebeu inscrições de pessoas da comunidade LGBTQI+, a exemplo de mulheres desempregadas, caso da aluna Eliane Souza, que é dona de casa e mora no bairro da Cabanagem, há 12 anos. ‘’Eu estou desempregada desde 2012, com a pandemia o emprego ficou ainda mais escasso, mas tenho certeza que com esse certificado de Assistente Administrativo, as minhas chances vão aumentar’’ afirmou Eliane Souza.

Eliane da Costa Souza

Essa foi a primeira vez que o curso foi ofertado e beneficiou 43 alunos dos bairros da Cabanagem, Terra Firme, Icuí Guajará e Jurunas. Foram 160 horas de qualificação. "Durante a capacitação os alunos aprenderam rotinas administrativas com conteúdos de fundamentos de informática, manipulação de arquivos em programa editor de texto, também, sobre fundamentos de Recursos Humanos, entre outras rotinas’’, relatou o gerente Executivo de Educação Profissional do Senai, Davis Siqueira.

Moradora há 17 anos do bairro da Cabanagem, Dayane Pompeu já trabalha como auxiliar de Tesouraria. "O curso foi muito bom, e veio para agregar ainda mais no meu trabalho", ressaltou a aluna.Dayane Pompéu

O certificado do curso tem validade em todo o País. A previsão é de que em abril deste ano, seja formada outra turma de Assistente Administrativo e também há a possibilidade de implantação de um novo curso, o de Gestão e Construção Civil.     

Por Elizabeth Teixeira (SEAC)