Hemopa leva serviços de coleta de sangue até o cidadão

02/03/2021 14h54 - Atualizada em 02/03/2021 15h07
Por Anna Cristina Campos (HEMOPA)

Mês de março chegou com a expectativa de ser produtivo para a Fundação Hemopa. Nos dias 2 e 3, haverá campanha externa de coleta de sangue no Shopping Metrópole, em Ananindeua. O atendimento é com a unidade móvel que fica no estacionamento térreo do local, das 9h às 17h. 

E ainda essa semana, nos dias 5 e 6, a coleta de sangue será no Shopping Popular João Alfredo, que fica no centro comercial de Belém. O atendimento será das 8h às 14h. É o início de uma parceria que também vai contribuir com o reforço no estoque de sangue da sede do hemocentro.

As campanhas externas fazem parte do plano estratégico da Fundação Hemopa para a captação contínua de novos doadores. Os serviços são levados para os bairros, facilitando o acesso de quem deseja ser um doador de sangue.

Coleta de sangue em Belém, Capanema, Castanhal, Marabá e Santarém abasteceu o estoque no final de semana

Outra estratégia de captação da Fundação Hemopa foi ampliar o atendimento de algumas unidades, em outros municípios, para o sábado. Neste último dia 27, além de Belém, também abriram as unidades de Capanema, Castanhal, Marabá e Santarém e todas arrecadaram 403 bolsas de sangue, o que pode beneficiar mais de 1.500 pacientes na rede hospitalar. 

Parceria da Igreja Adventista da Calucia Castanhal

“Nossa intenção é oferecer aos doadores mais um dia para poder doar, já que muitos não têm disponibilidade em dias da semana, em horário comercial. Então o sábado é bem democrático”, explicou Paulo Bezerra, presidente da Fundação.

O Hemonúcleo de Capanema recebeu uma ‘Caravana Solidária’ do município de Primavera. Adriane Sousa, 21 anos, estava emocionada por doar pela primeira vez. “Sangue é vida e quando nós doamos sangue, estamos fazendo parte de um grande movimento de salvar a vida de outra pessoa que está precisando”, disse a educadora infantil.

Caravana Primavera

Uma doadora fiel é Hosana Maria, 29 anos. “Completei a terceira doação no período de um ano. Estou sempre aqui no Hemopa porque sei  que muitas pessoas precisam, principalmente nesse período de pandemia que apresentou baixa do estoque”, destacou.

Só no sábado, o Hemopa Capanema recebeu 43 voluntários, dos quais, 41 estavam aptos e doaram uma bolsa de sangue. Quase o mesmo resultado apresentado no Hemocentro de Marabá que marcou 47 comparecimentos com 42 bolsas de sangue coletadas. Entre os doadores, integrantes do time de Futsal Morada Nova, bairro que fica a 16km de distância. “Esta equipe é nota dez. Os jogadores estão sempre dispostos a nos ajudar e trazem ao Hemopa esse espírito de coletividade e saúde”, disse Regiane Osias, gestora do Hemocentro de Marabá. 

Os Hemocentros de Castanhal e Santarém também vão abrir aos sábados para a coleta. Neste último foram 57 bolsas de sangue doadas em Castanhal e 93 bolsas coletadas com 46 novos cadastros no Registro Nacional de Doadores de Medula óssea (Redome), em Santarém. 

Rafaelly Nascimento, 33 anos, trabalha como locutora em Santarém e está sempre propagando a causa da doação de sangue. “Só sinto gratidão por estar bem de saúde, podendo comparecer ao Hemopa para doar e ajudar a salvar vidas”.