Setran executa obras de manutenção e conservação em vias na Região Metropolitana de Belém

07/04/2021 18h40 - Atualizada em 07/04/2021 18h59
Por Kátia Aguiar (SETRAN)

A Secretaria de Estado de Transportes (Setran) está com obras de manutenção e conservação na Região Metropolitana de Belém (RMB). As frentes de trabalho  continuam, esta semana, na BR-316 e estendem o trabalho também para o complexo da Alça Viária (PA-483).

Na BR-316, entre os quilômetros 1,7 e 18 da rodovia federal, as equipes da Setran trabalham na operação tapa-buraco. 

Ainda na BR-316, as equipes trabalham na desobstrução e recomposição do sistema de drenagem de águas pluviais do quilômetro 3 da rodovia, próximo a entrada da Alça Viária. Já mais próximo ao município de Benfica, a Setran fez serviços de tapa-buracos. O trecho entre os quilômetros  1.7 e 18 da BR-316 foi estadualizado para que ocorram as obras de Requalificação da rodovia.

Na Alça Viária as equipes da Secretaria trabalham na recomposição do meio-fio ao longo do quilômetro 10 da pista, e ainda na operação tapa-buraco entre os quilômetros 64 e 65.

A Secretaria de Transportes executa também a fresagem (raspagem do asfalto antigo para reaproveitamento) da pista da ponte sobre o rio Guamá, uma das quatro pontes que integram a Alça Viária, que é a maior das quatro do complexo, com quase dois mil metros de extensão. Em seguida, a pista da ponte deverá receber pavimento asfáltico novo.

Segundo o titular da Setran, Adler Silveira, as frentes de trabalho se multiplicam em todas as regiões do Pará, “em um trabalho que garante que as rodovias ofereçam segurança a quem trafega por elas, formando um corredor logístico rodoviário com maior mobilidade, desde a RMB até as regiões mais longínquas do Pará”, destaca Adler Silveira

Outras vias que já receberam obras da Setran na RMB, mês passado estão a Avenida Independência e a João Paulo II. Na Independência as equipes executaram serviços que incluem tapa-buracos entre a rotatória da rodovia do 40 Horas e a Avenida Mário Covas. Já a Avenida João  Paulo II, ganhou obras de manutenção e conservação.