Estado dá continuidade ao calendário de pagamento do Renda Pará

De terça (20) a quinta-feira (22), é a vez dos beneficiários de R$ 500 nascidos no mês de junho e de R$ 100, para nascidos em dezembro

19/04/2021 12h12 - Atualizada em 19/04/2021 12h28

“Um combustível a mais para continuar na luta para ultrapassar este momento difícil”. É deste modo que o garçom Marlon Pontes vê o programa estadual Renda Pará. Após sacar o auxílio emergencial de R$ 500, ele saiu do Banpará mais aliviado e relembrou as dificuldades que está vivendo desde o início da pandemia da Covid-19. “Os estabelecimentos precisaram ser fechados em alguns momentos ou funcionar de forma reduzida, o que interferiu na nossa renda. Essa iniciativa é fundamental porque garante a nossa prioridade, que é a alimentação das nossas famílias”, ressalta.

O garçom Marlon Pontes sacou o auxílio emergencial de R$ 500Até às 9h50 desta segunda-feira (19), o auxílio de R$ 500 já foi dispensado para mais de 54,7 mil beneficiados, o que representa mais de 27,3 milhões investidos pelo governo do Estado. Entre os profissionais cadastrados para este auxílio, estão trabalhadores da área da cultura e comércio, como músicos, técnicos, garçons, professores de educação física autônomos, barbeiros, cabeleireiros, esteticistas, manicures, pedicures e maquiadores.

A partir desta terça (20) até quinta-feira (22), segundo o calendário de pagamento, os beneficiários do Renda Pará de R$ 500, nascidos no mês de junho, devem se deslocar para uma das agências do Banpará para sacar o auxílio.

Já o Renda Pará de R$ 100 já beneficiou mais de 601 mil famílias, o que representa o valor total pago de R$ 60.195.100,00, conforme dados disponibilizados pelo Banpará até às 9h50 desta segunda-feira (19). Os beneficiários, assistidos pelo Bolsa Família, que nasceram no mês de dezembro e integram a última etapa de pagamento, devem comparecer a uma das agências do banco a partir desta terça (20) até quinta-feira (22) para realizar o saque do recurso.

Desempregada, Débora Pantoja conseguiu receber o benefício de R$ 100 nesta segunda-feiraA artesã Débora Pantoja, que está desempregada, foi uma das beneficiadas pelo Renda Pará de R$ 100 e conseguiu, nesta segunda-feira (19), fazer o saque do benefício sem dificuldades e sem enfrentar filas na Agência Senador Lemos, em Belém. “Imagine uma pessoa que não tem nada para comer na sua mesa hoje e ela consegue receber esses R$ 100, com certeza vai ajudar muito. Eu sou uma prova viva, esse auxílio vai me ajudar muito a inteirar o meu aluguel ou pagar a minha energia”, afirma.

Três medidas foram adotadas para evitar aglomerações e garantir a segurança dos usuários, diante da crise sanitária da Covid-19, nas agências do Banpará: a ampliação do calendário de pagamento, com três dias para cada mês de aniversário; as agências passaram a abrir aos sábados (de 8h às 14h) exclusivamente para beneficiários do Renda Pará e Fundo Esperança; e ainda houve o reforço da equipe de atendimento, para garantir maior agilidade na hora da triagem.

Atendimento nas agências garante segurança aos usuáriosFUNDO ESPERANÇA

As pessoas físicas nascidas ou pessoas jurídicas constituídas no mês de outubro devem comparecer a partir desta terça (20) até quinta-feira (22) em uma das agências do Banpará para o recebimento do auxílio do Fundo Esperança.

O programa destina R$ 150 milhões para o auxílio de pequenas e médias empresas, com juros de 0,2%, seis meses de carência e três anos para pagar; suspensão da cobrança e pagamento das parcelas de 2020 por seis meses, e aumento do limite de R$ 15 para R$ 50 mil.

Por Giovanna Abreu (SECOM)