Doações de sangue em Belém e Redenção vão atender cerca de mil pacientes

Nas duas cidades, unidades receberam 282 pessoas e foram garantidas 248 coletas

19/04/2021 11h59 - Atualizada em 19/04/2021 13h08

Doadora na cidade de Redenção, Tatiane Barbosa Oliveira“Nunca imaginava que hoje estaria aqui no Hemopa Redenção para doar sangue. E pensar que um dia já precisei de transfusão e estou fazendo o que um dia fizeram para mim. Isso é muito importante. Todos que têm condições de doar deveriam fazer isso. Nunca se sabe o dia de amanhã. Salve vidas, doe sangue”, pediu a dona de casa Tatiane Barbosa Oliveira, 33 anos, uma das doadoras da campanha do Hemopa Redenção, no sábado (17), que fechou o dia com 55 comparecimentos e um saldo de 52 doações voluntárias de sangue, reforçando o estoque técnico da unidade.

Em Belém, onde a abertura da coleta de sangue é regular, aos sábados de 7h30 às 17h, o dia também foi proveitoso com a participação de grupos de doadores e campanha interna do “Sangue Corinthiano”, que registrou um saldo de 227 comparecimentos que resultaram em 196 doações de sangue.

Voluntários da campanha 'Sangue Cotinthiano'Entre os voluntários no sábado, na capital paraense, estava Allan Costa, 39, que é o organizador da campanha do Timão. “Essa é a nossa 34ª realizada, paralelamente em São Paulo. Convidamos todos os torcedores e simpatizantes do Corinthians e de outros times também. Venham doar com os seus mantos sagrados, venham somar nesta corrente solidária pela vida”, ressaltou o técnico de Segurança no Trabalho e doador de sangue. 

A sede do hemocentro na Batista Campos também registrou a participação do grupo Atlética Imortal - Alunos de Medicina da Cesupa.

A gestão da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) segue com estratégias de captação de doadores, com ênfase para o projeto “Caravana Solidária”, que transporta pequenos grupos de voluntários até a sede do Hemopa e depois deixa no lugar de origem; e o agendamento de doadores de sangue pelo 08002808118.

O presidente do hemocentro paraense, o administrador Paulo Bezerra, agradeceu a todos que tiraram um tempo do seu sábado para salvar vidas com a doação de sangue. “Entre Belém e Redenção, tivemos o significativo saldo de 282 comparecimentos e 248 coletas, que vão atender cerca de mil pacientes internados. Isso é um gesto de amor ao próximo. E isso representa vidas para muitos que precisam de transfusão de sangue na rede hospitalar. Nosso muito obrigado!”.

Doações de sangue em Belém e Redenção vão atender cerca de mil pacientes

Critérios básicos para a doação de sangue

• Ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal);

• Pesar mais de 50 kg

• Estar em boas condições de saúde.

No momento do cadastro, é obrigatório apresentar um documento de identificação oficial, original e com foto (RG, CNH, passaporte ou carteira de trabalho).

Quem teve Covid-19 também pode voltar a doar sangue, só precisa esperar 30 dias após a cura. Quem teve contato com pessoas que tiveram a doença deve esperar 14 dias após o último contato.

Clique aqui e veja a unidade de coleta mais próxima.

Por Vera Rojas (HEMOPA)