Unidades da hemorrede estadual reforçam campanha de carnaval

21/02/2017 00h00
Por Redação - Agência PA (SECOM)

Em sintonia com o Hemocentro Coordenador em Belém, as unidades da hemorrede estadual estão engajadas na campanha “No carnaval use fantasia de salva vidas. Doe sangue”, que se estenderá até o dia 24 deste mês, com a finalidade de abastecer o estoque de sangue para garantir atendimento transfusional da rede hospitalar do Pará. A média diária de coletas estipulada para cada unidade – hemocentros regionais de Castanhal, Marabá e Santarém; e Hemonúcleos de Altamira, Tucuruí, Abaetetuba, Redenção e Capanema – é de 100 a 250 bolsas no período, dependendo da demanda de cada unidade.

A gerente de Captação de Doadores da Fundação Hemopa, assistente social Juciara Farias, reforça que a necessidade de transfusão é muito grande. “A hemorrede estadual é responsável por suprir o estoque de sangue para atendimento integral da rede hospitalar no estado, que tem mais de 200 estabelecimentos de saúde”, explica.

No Hemonúcleo de Capanema (Henca), por exemplo, houve uma ação prévia no dia 6 deste mês, com a parceria dos municípios de Tracuateua e Primavera, que encaminharam 50 doadores para ajudar a abastecer o banco de sangue para o feriadão de carnaval.

O cearense José Batista, 51, morador de Capanema, que pela primeira vez doou sangue para a campanha do Henca destacou o caráter solidário da iniciativa. “Eu me sinto bem em poder ajudar o próximo. Assim como há muitas pessoas com problemas de saúde e necessitadas desse tipo de ajuda, também há muitas pessoas com boa saúde que podem fazer a diferença. Peço a Deus apenas que me conserve assim para continuar ajudando a salvar vidas”, diz.

A campanha conta ainda com a parceria dos Agentes Multiplicadores dos municípios de Tracuateua, São João de Pirabas, Primavera e Santa Luzia do Pará, por meio do projeto "Parceria pela Vida". “São parceiros presentes em nossas ações durante todo o ano, que organizam grupos de doadores pelo menos uma vez por mês e, sempre que os estoques estão muito baixos, são acionados pelo Henca”, explica a assistente social Luiza Helena.

Ela informa que a campanha promove também o cadastro de doadores de medula óssea e inclui distribuição de material sobre prevenção de doenças, de camisetas para os doadores de sangue aptos, e de preservativos masculinos e femininos, além de lanche especial. Mais de 50 comparecimentos foram registrados em um dia e meio de campanha.

Hemocentro Regional de Castanhal - Aniversariando nesta terça-feira (21), a responsável técnica pelo Hemocentro Regional de Castanhal (HRC), Sandra Lobato decidiu comemorar a data doando sangue. “É um presente para muitas pessoas que dependem desse gesto para sobreviver. Estou super feliz em poder ajudar”, disse a médica, que aposta na superação da meta de doações da campanha. 

Responsável por atender a demanda transfusional de 48 municípios do nordeste paraense, o Hemocentro Regional de Castanhal tem por meta a coleta de 250 bolsas de sangue até o dia 24. O atendimento ao público é feito de 7h as 13h e conta com uma programação cultural variada que inclui música ao vivo com artistas da terra, concurso de fantasia, distribuição de camisetas, preservativos, brindes e lanche especial. Nestas segunda e terça-feira já foram captadas 60 bolsas de sangue em Castanhal.

Hemocentro Regional de Marabá - Atendendo ao apelo da campanha, os irmãos Isabela e João Paulo dos Santos Gomes, de 19 e 16 anos, respectivamente, decidiram fazer a sua segunda doação de sangue nesta terça-feira (21) e ressaltam que estão na expectativa para a próxima campanha da unidade. Os jovens correspondem, hoje, a cerca de 70% das coletas feitas na região.

A campanha foi aberta no município com apresentação de artistas da terra em um palco montado em frente à unidade. O evento atraiu antigos e novos doadores e ofereceu serviços de beleza, cantinho da selfie e presença das candidatas ao concurso Miss Marabá 2017. Dia 22, o hemocentro agendou a “Caravana Solidária”, que trouxe candidatos à doação de sangue do município de Eldorado dos Carajás, através do Grupo Vida.

A programação encerra no dia 24 com um baile de carnaval e concurso de fantasia, que vai premiar os vencedores com a faixa de “Doador Salva Vidas” e mais um kit com brindes doados por comerciantes locais. A campanha recebeu apoio de 23 voluntários da Brigada de Infantaria de Selva (BIS), do Exército. Das 200 coletas estabelecidas como meta já foram efetivadas 56.

A campanha também prossegue no Hemocentro Regional de Santarém, oeste do Pará, onde 52 pessoas já compareceram para reforçar a campanha. No Hemonúcleo de Tucuruí, desde ontem até meio dia de hoje, 26 voluntários deram a sua contribuição. Em Redenção, já foram coletadas 31 bolsas de sangue e na unidade de Altamira, 25 doadores atenderam o apelo da campanha.

Podem doar sangue pessoas com boa saúde, que tenham entre 16 e 69 anos e pesem acima de 50 quilos. Menores de 18 anos podem doar somente com autorização dos pais ou responsável legal. É necessário portar documento de identidade original, assinado e com foto, além de estar bem alimentado. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher, a cada três.

Serviço: A Fundação Hemopa fica na Travessa Padre Eutíquio, 2.109, bairro de Batista Campos, e no acesso ao Pórtico Metrópole, na entrada do shopping Castanheira (BR-316, km 1). As coletas são feitas de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h.