SEAC firma parceria com Secretaria de Cidadania de Belém

10/05/2021 16h11

Representantes da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (SEAC) se reuniram, na manhã desta segunda-feira (10), com uma equipe técnica de psicólogos e assistentes sociais da Secretaria Extraordinária de Cidadania e Direitos Humanos de Belém (SECDH) para estreitar parcerias entre Estado e Município acerca de projetos voltados à cidadania, dentro dos bairros atendidos pelo programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz).

”Tivemos uma reunião muito importante, onde pudemos alinhar alguns projetos. Temos uma pasta que se relaciona na busca da cidadania e na igualdade, então é muito importante esse alinhamento entre Estado e Município para que as ações possam ser coordenadas e estratégicas de forma a diminuir as causas que geram a violência, além de aumentar o desenvolvimento social no município de Belém, sobretudo nos bairros atendidos pelo programa Territórios Pela Paz”, disse o Secretário-adjunto da Seac, Raimundo Santos Junior.

O secretário de Cidadania e Direitos Humanos de Belém, Max Costa, parabenizou as ações que o Estado já desenvolve na área da cidadania com o programa TerPaz e agradeceu a parceria firmada. “Nós também apresentamos à Seac um programa municipal de educação e direitos humanos de Belém que é uma das ações prioritárias do município que é o ‘Cidade Diversa e Inclusiva’, nós apresentamos o objetivo desse programa, no sentido de desenvolver os processos informativos que possam ampliar conhecimentos e habilidades da população de Belém sobre seus direitos, sobre o sistema de garantia de direitos e o acesso a rede socioassistencial, então essa parceria com o TerPaz é fundamental, inclusive em breve dentro das Usinas da Paz, para que a gente possa articular essas ações com a comunidade”, disse.

Sobre o TerPaz

A Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) é responsável pela articulação do programa TerPaz, criado em 2019, que consiste na rede de políticas públicas de inclusão social no qual 36 secretarias, fundações e órgãos da administração direta e indireta desenvolvem por meio de projetos organizados em áreas temáticas: Capacitação técnica e profissional, educação básica, arte e cultura, Emprego e renda, microcrédito e empreendedorismo, economia solidária, habitação, regularização fundiária e urbanização, saúde, esporte/lazer, assistência social, Tecnologia e inclusão digital, Meio ambiente e sustentabilidade e Mediação de conflitos e prevenção a violência.

O programa TerPaz atende sete territórios da Região Metropolitana de Belém, são eles: Cabanagem, Benguí, Jurunas, Guamá, Terra Firme, em Belém, no Icuí Guajará, em Ananindeua e em Nova União em Marituba.

Em breve, o programa que hoje atua nas escolas estaduais, centros comunitários e delegacias, passará a ter um complexo comunitário para cada território, a Usina da Paz, que é um projeto elaborado pelo Governador do Estado e coordenado pela Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac), em parceria com a iniciativa privada. O propósito é a construção de 10 Usinas na Região Metropolitana de Belém, e no sudeste do estado.

As UsiPaz terão complexos esportivos, salas de audiovisual, espaços de inclusão digital e vários serviços, como atendimento médico e odontológico, consultoria jurídica, emissão de documentos, ações de segurança, atividades profissionalizantes, espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, artes marciais, musicalização e biblioteca. 

Por Paulo Garcia (SEAC)