Estado autoriza construção do Centro de Convenções em Santarém

Obra, já iniciada, deve gerar mais de 700 empregos diretos e indiretos, além de fortalecer o turismo de eventos e negócios no Oeste do Pará

06/08/2021 18h01 - Atualizada em 06/08/2021 18h33

Governador Helder Barbalho, o prefeito Nélio Aguiar e outras autoridades na área onde será erguido o Centro de ConvençõesCidade estratégica na região do Baixo Amazonas, Santarém recebe mais investimentos em infraestrutura para turismo de negócios. Durante a agenda de trabalho no município, nesta sexta-feira (06), o governador Helder Barbalho assinou a Ordem de Serviço para a construção do novo Centro de Convenções, obra que deve gerar mais de 700 empregos diretos e indiretos.

O ato ocorreu na presença do ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, que esteve na cidade para a entrega da orla do Maracanã. “Somos comprometidos com a conclusão de obras como essa, e temos muito trabalho a fazer com a parceria dos governos e das prefeituras. Um dos nossos objetivos é reduzir os custos com passagens para que o brasileiro conheça seu próprio país, e atrair visitantes”, reforçou o ministro.

“Hoje é um dia importante de incremento na agenda turística, que certamente é uma das vocações de Santarém. Com esta entrega da orla do Maracanã e o início das obras do Centro de Convenções nós sinalizamos claramente a intenção de fortalecer Santarém, para que a rota turística possa ter na cidade um ponto estratégico, diversificando o turismo, gerando emprego e renda e oportunidade através desta beleza natural extraordinária”, afirmou o governador.O terreno, com mais de 110 mil metros quadrados, fica na Rodovia Fernando Guilhon

Potencial turístico - A construção da orla contou com parte de recursos oriundos de emenda do deputado federal José Priante (MDB), que exaltou a beleza da praia do Maracanã, a mais popular do município, destacando que Santarém é uma amostra amazônica de potencial turístico em nível internacional.

A garçonete Patrícia Medeiros trabalha com turismo na orla há dez anos, e ressaltou a importância dos investimentos. “Antes dessa passarela a praia era bem movimentada, e ainda é, porque a construção da orla não afetou em nada o nosso movimento. Durante a pandemia as praias fecharam e fui trabalhar no shopping. Quando liberaram, imediatamente voltei”, disse Patrícia.

O projeto deve ser concluído em 18 mesesJá a servidora pública Simone Castro, contou que foi a Santarém se matricular na Universidade, onde fará mestrado, e aproveitou para “curtir mais a cidade. Tudo é muito gostoso. Eu recomendo qualquer pessoa a vir para cá. E como vou estudar por dois anos, vou ficar aqui”.

O Centro de Convenções de Santarém será construído com recursos do Tesouro estadual, e deve ser concluído em 18 meses. Logo após a assinatura da Ordem de Serviço, os trabalhos iniciaram no canteiro de obras, onde Alexandre Rego de Sousa trabalha. “É uma construção muito importante para a sociedade, principalmente na geração de emprego. O trabalho veio em boa hora”, garantiu o operário. 

Emprego e renda - A geração de emprego e renda na região foi reforçada pelo governador Helder Barbalho. “É fundamental que possamos construir uma pauta de investimentos que estruture a cidade para recepcionar o turista, cuidar das pessoas que trabalham na área, feirantes, barraqueiros. As obras do Centro de Convenções vão garantir que Santarém tenha um grande centro, que vai impulsionar o turismo ecológico e o de eventos, colocando o município nesta rota, para que possamos ver a cidade crescer e se desenvolver”, enfatizou Helder Barbalho.

Em um terreno de 110.525,97 metros quadrados, localizado na Rodovia Fernando Guilhon, próximo ao aeroporto, o Centro de Convenções terá uma área construída superior a 10 mil m², com ambiente climatizado, auditório com 400 lugares, camarins, área VIP, sala de imprensa, banheiros, praça de alimentação com mais de 350 lugares, ambulatório, estacionamento com mais de 500 vagas, salas de controle técnico e departamento administrativo.

Maquete da obra, que vai incrementar o turismo no Oeste do ParáRuy Cabral, secretário de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, disse que “essa obra tão esperada vai trazer o desenvolvimento do turismo e da economia, sempre voltado à qualificação do ser humano e da mão de obra local. Para nós é um momento de satisfação participar do desenvolvimento do Estado, através de uma obra de tamanha importância na região”.

A importância do Centro, que representa uma conquista para Santarém, também foi destacada pelo prefeito Nélio Aguiar. “Eu cheguei a me emocionar no momento que vi a divulgação do projeto e a assinatura da Ordem de Serviço. Para nós, dar início ao Centro de Convenções de Santarém. Estamos recebendo investimentos em infraestrutura turística, que é muito importante para o crescimento de Santarém, porque o turismo é indústria sem chaminé, que precisamos para garantir o nosso desenvolvimento de forma sustentável, na geração de emprego e renda para as pessoas sem desmatar, sem poluir os nossos rios e lagos”, reiterou o gestor municipal.

Por Dayane Baía (SECOM)