Atletas de jiu-jitsu assistidos pela Seel conquistam medalhas em evento na Colômbia

24/08/2021 15h32 - Atualizada em 24/08/2021 16h08

O Palácio dos Desportos, em Bogotá, na Colômbia, foi palco, no último final de semana, do AJP Tour Colômbia, evento do qual os atletas Rafael Ribeiro, Higor Lima, Alexandre de Castro, Alam Saraiva e Bruno Oliveira trouxeram sete medalhas, sendo cinco de ouro e duas de prata. Para a participação no evento internacional, os competidores contaram com o apoio da Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel).

Rafael RibeiroO faixa-marrom Rafael Ribeiro foi campeão na categoria Adulto/120kg/GI. No torneio, o atleta competiu em três lutas e venceu a final com o colombiano Alfonso Figueredo. “Sou atleta de judô e de jiu-jitsu e no período da pandemia de Covid-19 passei a treinar mais o jiu-jitsu e consegui esse importante resultado nessa competição fora do Brasil. Estou muito feliz”, disse.

O faixa-preta Higor Lima foi campeão na categoria Adulto/69kg/GI em luta com o colombiano Jonathan Barragan; e na categoria Adulto/77kg/NoGi, em luta com Fawel Abramowicz, do Equador. “Me sinto lisonjeado de estar representando o meu estado. Com essa competição, hoje, eu sou o atleta número 1° da AJP nos últimos 100 dias, melhor finalizador e o segundo atleta mais ativo na AJP Abu Dhabi”, destacou Higor.

Higor LimaRafael Ribeiro e Higor Lima são atletas beneficiados pelo programa Bolsa Talento, mantido pelo Governo do Estado sob a gestão da Seel que concede auxílio financeiro a atletas e técnicos como forma de incentivo ao desenvolvimento e ao rendimento esportivo. Na atual edição estão beneficiados 91 atletas e três técnicos.

Alexandre de Castro, que é faixa-preta, ficou com a medalha de ouro na categoria máster 2/94kg/GI em luta com o também brasileiro Thiago Kaneto. “Estou muito feliz com esse resultado. Me preparei a vida toda para desafios como esse. Obrigado Seel por me ajudar a realizar mais este sonho”, ressaltou.

Alexandre de CastroO faixa-preta Bruno Oliveira ficou com o vice-campeonato na categoria máster 1/120k/NOGI após luta com o colombiano Robinson Jimenes Pertuz e foi o campeão, por W.O., na categoria máster 1/120kg/GI. Alam Saraiva, também faixa-preta, ficou com a medalha de prata na categoria máster 4/até 85kg/GI, em luta com o representante do Panamá, Quintanar Piliuguin.

Bruno OliveiraAlexandre de Castro, Alam Saraiva e Bruno Oliveira receberam auxílio financeiro através do Apoio ao Atleta, recurso viabilizado por meio da Lei Pelé. “Esses resultados demonstram a importância do Bolsa Talento e do Apoio ao Atleta, do governo estadual, para que nossos esportistas consigam mais conquistas a nível nacional e internacional, como estas dos nossos atletas de jiu-jitsu na Colômbia”, afirmou o secretário-adjunto de Esporte e Lazer, Vitor Borges.

Texto: Paula Portilho (Ascom Seel)

Por Governo do Pará (SECOM)