Pará recebe 190.710 doses de vacina contra a Covid-19 nesta segunda (13)

13/09/2021 16h12 - Atualizada em 13/09/2021 18h32

Chegou a Belém, na tarde desta segunda-feira (13), a 80º remessa de vacinas contra a Covid-19, enviada pelo Ministério da Saúde. São mais 190.710 mil doses da Pfizer. 

Com mais essa remessa, o Pará totaliza agora 9.521.800 milhões de doses de imunizantes recebidos e destinados à população paraense, das quais, 3.338.590 são da CoronaVac/Sinovac; 3.806.550 da Oxford/AstraZeneca; 2.238.210 da Pfizer e 138.450 da Janssen.

"Com mais essa remessa, o Pará segue avançando na  imunização dos paraenses. O Governo do Estado tem se esforçado para fazer a distribuição das doses de forma rápida e segura. Por isso, pedimos sempre que todos façam a sua parte e fiquem atentos aos calendários de vacinação dos municípios e não percam a oportunidade de se vacinar”, ressalta o secretário de Saúde do Estado, Rômulo Rodovalho. 

A Sespa recomenda que as vacinas dessa remessa sejam utilizadas para a imunização de jovens, aplicação de segunda dose, reforço para idosos, transplantados e portadores de doenças imunossupressoras, além de repescagem. O calendário de aplicação das doses é definido pelas secretarias municipais de saúde.

A equipe técnica da Sespa já trabalha no planejamento de distribuição e logística de entrega das doses aos Centros Regionais de Saúde. Desde a chegada da primeira remessa ao Estado, o envio está sendo feito por vias terrestre, aérea e fluvial, com o apoio da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup). As estratégias de aplicação serão definidas pelas Secretarias Municipais de Saúde. 

Vacinas

Até às 12 horas desta segunda-feira (13), o Pará já havia aplicado 6.977.993 milhões doses de vacina contra a Covid-19. Desse total, 4.281.266 milhões foram primeiras doses e 2.696.727 milhões correspondem à segunda dose dos imunizantes.

As informações sobre a vacinação são fornecidas pelas Secretarias Municipais de Saúde. A população pode acompanhar o andamento da campanha em todo o Estado na página do Vacinômetro.

Por Mozart Lira (SESPA)