Programa Regulariza Pará promove capacitação para servidores da Região Araguaia

Estão sendo ministrados cursos de Formação de Agentes Ambientais, oficina de Economia Doméstica e capacitação em Análise e Validação de Cadastro Ambiental Rural

13/09/2021 20h04 - Atualizada em 13/09/2021 20h37

O mutirão do Programa Regulariza Pará reúne gestores, técnicos municipais e produtores rurais da regiãoO mutirão do Programa Regulariza Pará iniciou nesta segunda-feira (13) o atendimento das demandas de municípios da região de Araguaia, no Sudeste do Pará. Durante esta semana, gestores se reúnem com produtores rurais, prefeitos, secretários de Meio Ambiente de municípios da região e técnicos ministram cursos de Formação de Agentes Ambientais, oficina de Economia Doméstica e capacitação em Análise e Validação de Cadastro Ambiental Rural (CAR) para servidores de secretarias locais. 

As ações da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) buscam fortalecer a gestão ambiental municipal com a capacitação dos servidores. "Trata-se de um mutirão do Programa Regulariza Pará destinado aos gestores e técnicos municipais, bem como a produtores rurais da região do Araguaia, envolvendo diversas atividades para qualificar a gestão ambiental, como capacitação em análise do CAR, ações de educação ambiental, orientações sobre a regularidade ambiental dos imóveis e licenciamento de atividades agrossilvipastoris, notadamente grãos e pecuária, com forte presença na economia da região", informou o secretário adjunto de Gestão e Regularidade Ambiental da Semas, Rodolpho Zahluth Bastos. A Semas busca fortalecer a gestão ambiental municipal com a capacitação dos servidores

A finalização do processo de habilitação do município de Xinguara em Análise e Validação do CAR está prevista para esta terça-feira (14). Desta forma, Xinguara se tornará o 30º município habilitado para este procedimento no Estado. A municipalização da análise de CAR, por meio da habilitação dos municípios, faz parte da estratégia de impulsionar a validação do CAR no Estado, traçada pelo Programa Regulariza Pará, que faz parte do Plano Estadual Amazônia Agora. 

De acordo com o Sistema do Cadastro Ambiental Rural (Sicar), o Pará já registra 252.383 CARs inscritos. Em março de 2021, a Semas lançou o portal para divulgar as ações de análise do Cadastro realizadas pelo governo estadual. Após a inscrição, os cadastros precisam ser validados. Seguindo esta metodologia, a Semas apresenta desde 2019 um salto de produção de análise de CAR. Em 2018, foram 1.568 CARs analisados. No ano seguinte, este número saltou para 3.579, mais que o dobro. A partir de 2020, a Semas disparou neste processo, com 17.562 cadastros analisados. Este ano, a Semas já concluiu mais de 23 mil análises de CARs inscritos.

Educação Ambiental – Ainda nesta segunda-feira (13), funcionários da Coordenadoria de Educação Ambiental (Ceam), da Semas, começaram a ministrar o curso de Formação de Agentes Ambientais e Economia Doméstica no auditório da Secretaria de Saúde de Xinguara. A capacitação em formação ambiental conta com a participação de servidores das secretarias de Meio Ambiente dos municípios da região, além de técnicos da Secretaria de Educação de Xinguara e de dois representantes da Cooperativa Cooperlimpa, que reúne produtores rurais. Os cursos prosseguem até a próxima sexta-feira (17), quando será realizada a cerimônia de Certificação dos Agentes Ambientais e da Oficina de Economia Doméstica, e será repassada orientação sobre coleta seletiva, de forma prática e teórica.

Ítalo Carvalho, analista ambiental da Secretaria de Meio Ambiente de Tucumã, município da mesma região, que participa dos cursos de Economia Doméstica e de Agente Ambiental, afirmou que as capacitações estão de acordo com as necessidades da região. "Esta ação atende a várias necessidades de nossa região, que possui grandes déficits na área ambiental. Um deles é a conscientização da população, de produtores, agricultores, de empresários, empreendedores e da sociedade em geral quanto às condições ambientais de nossa região", disse Ítalo Carvalho.

Já a secretária adjunta de Meio Ambiente de Rio Maria, Sheila Sampaio, destacou a importância das ações de capacitação. "Estes cursos estão sendo de grande importância e valia. Vão contribuir muito para o desenvolvimento do nosso município. Este primeiro dia foi impactante. Estamos ansiosos para o segundo dia de capacitação”, acrescentou a gestora.

Por Bruna Brabo (SEMAS)