Seplad realiza visita de monitoramento da Usina da Paz do Icuí-Guajará, em Ananindeua

16/09/2021 15h26 - Atualizada em 16/09/2021 17h42

Na manhã desta quinta-feira (16), representantes da Diretoria das Usinas da Paz da Secretaria Estratégica de Articulação da Cidadania (Seac) e da Coordenadoria de Monitoramento de Projetos Estratégicos (CMPE) da Secretaria de Planejamento e Administração do Estado do Pará (SEPLAD), que é ligada a Coordenadora Geral de Ações e Políticas do Governo, Maria Eugenia Marcos Rio, estiveram na Usina da Paz do Icuí-Guajará, em Ananindeua, para realizar uma visita técnica para acompanhar a evolução da obra, que segue em ritmo acelerado e que já está na reta final. 

“Essa visita busca fazer um monitoramento das Usinas, tendo em vista, que esse é um projeto estratégico elencado pelo governador, em 2019, e como projeto estratégico visa fazer esse monitoramento mais de perto, para que esses projetos saiam do papel, para beneficiar a sociedade, a nível de cidadania, saúde, esporte, lazer e cultura. E hoje pudemos ver como está o andamento e conhecer este equipamento público, para fazer um relatório, que será repassado para o governador e a nossa Coordenadora Maria Eugenia’’, afirmou a Coordenadora de Monitoramento dos Projetos Estratégicos, Luciana Santos.   

A Usina da Paz é um projeto integrado ao programa estadual Territórios Pela Paz (TerPaz), elaborado pelo Governo do Pará e coordenado pela Seac, em parceria com a iniciativa privada. A meta do Estado é a construção de 10 Usinas na Região Metropolitana de Belém e na região Sudeste.

‘’Hoje nós recebemos a equipe que monitoria os projetos prioritários do governo do Estado, uma equipe de técnicos que avaliou todas as áreas, deste que é um projeto prioritário do governo, e a vinda desses representantes assegura que os projetos estão seguindo de acordo com as especificações que foram repassadas, para que possam ser entregues para a população, com a melhor qualidade possível’’, destacou o Diretor das Usinas da Paz, Coronel Marcos Lopes.  

As obras da Usina do Icuí-Guajará são executadas em parceria com a mineradora Vale, por meio de um termo de cooperação. O Estado não recebe nenhum recurso financeiro. A Usina será entregue ao governo pronta e equipada.

As UsiPaz serão complexos de promoção da cidadania, com espaços para atividades esportivas; salas de audiovisual e inclusão digital; atendimento médico e odontológico; consultoria jurídica; emissão de documentos; ações de segurança; capacitação técnica e profissionalizante; espaço multiuso para feiras, eventos e encontros da comunidade. Também haverá espaços para cursos livres e de dança, teatro, robótica, artes marciais, musicalização e biblioteca.

No próximo mês, será a vez das Usinas da Cabanagem em Belém, e de Nova União/São Francisco, em Marituba, serem vistoriadas.

Por Elizabeth Teixeira (SEAC)