Governo marca Dia Mundial de Luta da Pessoa com Deficiência com a entrega de benefícios para 120 famílias 

Programa 'Sua Casa' garante até R$21 mil para ser usado na construção, reconstrução e ampliação de lares de famílias em situação de vulnerabilidade social

21/09/2021 15h17 - Atualizada em 21/09/2021 17h21

O Governo do Pará beneficiou, nesta terça-feira (21), 120 famílias com o programa estadual “Sua Casa”. A iniciativa garante até R$ 21 mil para construção, reconstrução e ampliação de lares de famílias em situação de vulnerabilidade social. A ação de hoje, 21 de setembro, marca o Dia Nacional de Luta da Pessoa Com Deficiência. A entrega foi voltada, especialmente,para pessoas com algum tipo de deficiência.

O governador Helder Barbalho realizou a entrega simbólica para as famílias e comentou a importância de ações para ajudar no desenvolvimento social de quem mais precisa.

Geisa Monteiro da Silva com o governador Helder Barbalho

“Cidadania é uma palavra profundamente ampla, mas, para ela ser plena, tem que vir de várias áreas. Nós estamos fazendo isso aqui hoje, temos a capacidade de juntar os entes do governo - de diversas áreas - para mostrar que o Estado do Pará se preocupa com seus deficientes. No dia de hoje, estamos mostrando uma política inclusiva estadual que mobiliza todos os agentes públicos, os esforços e as energias do governo do Estado em favor dessa causa”, frisou Helder Barbalho.

De acordo com  a Cohab (Companhia de Habitação do Estado do Pará), gerenciadora do programa, mais de 400 famílias com PCDs já foram contempladas no Pará de 2019 até hoje. Geisa Monteiro da Silva foi uma das contempladas na ação de hoje. A filha dela, Raissa, tem 12 anos e é deficiente auditiva. A jovem estava feliz por saber que a família recebeu o benefício para melhorar a casa onde as duas moram. “Eu não ia conseguir construir a nossa casa sem essa ajuda. Eu não tenho como explicar como estou feliz hoje, eu agradeço muito. Se não tivesse esse projeto eu não ia conseguir construir esse projeto”, explica a dona de casa.

"Essa é uma data alusiva às pessoas com deficiência e é um marco para a gente que está levando ações de inclusão para todos os 144 municípios”, avaliou a primeira Dama do Estado, Daniela Barbalho.

A primeira-dama, Daniela BarbalhoDurante o evento, outras 11 pessoas, entre vítimas de escalpelamento e de um incêndio ocorrido em Belém no bairro do Jurunas, no último dia (10), também foram beneficiadas com o “Sua Casa”. A intenção é garantir mais qualidade e dignidade na construção das casas para quem precisa de cuidados. 

Odilene Miranda chorou ao receber em mãos o Sua Casa, a jovem em tratamento na Santa Casa após perder parte do couro cabeludo foi uma das beneficiadas. "Hoje, eu vim aqui para pegar um cheque para construir a minha casa. Eu tinha um sonho de ter uma casa reformada e fico muito alegre, é uma satisfação muito grande receber essa ajuda”, contou.

Na prática, o programa “Sua Casa” repassa apoio em duas parcelas. Após a comprovação da utilização adequada da primeira parte do recurso, o beneficiado recebe a segunda parcela. Além disso, o “Sua Casa” possui a modalidade "Material de Construção", para aquisição de cimento, tijolo e outros itens de construção civil e o "Mão de Obra", para auxiliar no pagamento dos pedreiros empregados durante a obra.

Orlando Reis, presidente da Cohab, conta que pessoas com algum tipo de deficiência são prioridade no atendimento do programa habitacional desde a criação do “Sua Casa” em 2019. “Nós da Cohab escolhemos esse dia 21 de setembro para realizar essa entrega porque a data de hoje é o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Essa luta é diária e nós do governo do Estado estamos com vocês, não só hoje. Saibam que as famílias que tem uma pessoa com deficiência, seja ela física ou intelectual, são prioridade no nosso atendimento”, explicou Orlando Reis, presidente da Cohab.

INSCRIÇÕES

Para ter acesso ao benefício habitacional, os candidatos devem atender aos critérios estabelecidos em lei. Após a inscrição, a Cohab seleciona gradativamente os solicitantes, com base na ordem de prioridades previstas nas diretrizes do Programa. À medida que os candidatos são convocados, a equipe de engenheiros da Companhia inicia o processo de avaliação e diagnóstico das moradias. Por fim, é feita uma análise socioeconômica pelo setor de assistência social da Cohab, ocasião em que os técnicos constatam a real condição social dos candidatos.

Serviço: Interessados em se cadastrar no "Sua Casa" podem entrar em contato para a Cohab, pelos números (91) 3214-8533 e (91) 3214-8400.

Por Ronan Frias (COHAB)