Polícia Civil promove palestra educativa sobre violência em escola no bairro do Bengui

O objetivo destacado na palestra é orientar a comunidade, "falando a mesma língua", sobre riscos e formas de se prevenir de atos violentos

21/09/2021 20h01 - Atualizada em 21/09/2021 21h38

A Polícia Civil do Pará, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Criança e ao Adolescente (Deaca), vinculada à Diretoria de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAV), promoveu nesta terça-feira (21) palestra para alunos da Escola Estadual Marilda Nunes, no bairro do Bengui, em Belém, sobre "Violência contra crianças e adolescentes". A ação contou com o apoio do Programa Territórios Pela Paz (TerPaz), da Secretaria Estratégica de Articulação e Cidadania (Seac). 

A palestrante foi a delegada Cristina Bastos, da Deaca, que reforçou o papel social da polícia nas comunidades. “É importante que a Polícia Civil esteja junto à comunidade, junto aos adolescentes e às crianças dentro das escolas, orientando e falando a mesma língua deles, explicando quais são os riscos que eles podem sofrer e como devem se preparar para não cometer crimes. Nesse sentido, é muito importante que a Polícia esteja dentro da comunidade, como nós estamos fazendo todos os dias, fazendo o papel não só de repressor, mas de orientador. O objetivo é tornar esse público esperto, que saiba denunciar e saiba se defender”, explicou a delegada.A delegada Cristina Bastos, da Deaca, destacou a importância do diálogo direto entre a Polícia e a comunidadeCidadania e segurança pública - Desde 2019, o Programa TerPaz atua para diminuir a situação de vulnerabilidade social e promover o enfrentamento da violência em bairros da Região Metropolitana de Belém. O TerPaz atua em ações de cidadania e segurança pública, atendendo sete bairros: Jurunas, Terra Firme, Guamá, Bengui e Cabanagem, em Belém; Icui-Guajará, em Ananindeua, e Nova União, em Marituba.

A partir da criação do TerPaz foi possível investir em infraestrutura urbana e em políticas públicas nas áreas de habitação, educação, saúde, cultura e lazer, entre outras, para garantir dignidade às pessoas e possibilitando o desenvolvimento humano nos territórios.Moradores do Bengui assistiram à palestra "Violência contra crianças e adolescentes"

Segundo Juliana Chaves, gestora do TerPaz no bairro do Bengui, "a colaboração da Polícia Civil é fundamental para os jovens, uma vez que um dos nossos objetivos é trabalhar a prevenção de possíveis problemas na vida dos jovens. Nós não procuramos somente diminuir, mas sim prevenir crimes, como maus-tratos e abusos”, ressaltou.

Texto: Ana Batista e Rodrigo Reis - Ascom/Polícia Civil 

Por Governo do Pará (SECOM)