NGTM dialoga com Prefeitura de Ananindeua sobre mobilidade urbana no município

22/09/2021 17h22 - Atualizada em 23/09/2021 04h08

Diretores do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM) receberam, na manhã desta quarta-feira (22), o prefeito de Ananindeua, Daniel Santos, e secretários municipais, para tratar sobre mobilidade urbana do município, que repercute diretamente na Região Metropolitana de Belém. Entre os assuntos, foi abordado os projetos que devem melhorar condições viárias e aliviar pontos de estrangulamento, como os viadutos da rodovia BR-316 com a avenida Independência e da avenida com a rodovia Mário Covas, que estão em fase de processo de licitação pelo NGTM, como parte do plano de mobilidade projetado pelo Governo do Pará na região.Diretores do NGTM, o prefeito de Ananindeua, Daniel Santos (e), e secretários municipais na reunião

Na ocasião, os representantes de Ananindeua apresentaram uma proposta que visa solucionar, de forma emergencial, o gargalo no trânsito na rotatória do 40 Horas com a avenida Independência, problema que impacta outras principais vias. “A proposta emergencial é para que a gente tenha fluidez no trânsito e proporcione acessibilidade ao usuário da via”, comenta Thalles Belo, secretário de transporte do município.Eduardo Ribeiro (e) mostra os projetos dos viadutos da BR-316 com Avenida Independência e da avenida com a Rodovia Mário Covas, já em fase de licitação pelo NGTM

A pedido do prefeito, o projeto será analisado pela equipe técnica do NGTM em conjunto com outros órgãos estaduais. “Que não percamos de vista uma solução definitiva na Independência que é uma via alternativa à BR e é de grande importância para a região metropolitana”, avalia o diretor geral do Núcleo, engenheiro Eduardo Ribeiro.

Por Michelle Daniel (NGTM)