Semas debate gestão ambiental e gerenciamento costeiro em seminário no Marajó

Técnicos da Secretaria ministram oficinas para servidores dos municípios do arquipélago e discutem novos rumos para o desenvolvimento sustentável

24/09/2021 15h08

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Pará (Semas) debate sobre gestão ambiental e gerenciamento costeiro no I Seminário de Desenvolvimento Sustentável do Marajó Oriental, nesta sexta-feira (24), no município de Ponta de Pedras. No evento, uma ampla programação de palestras e debates avaliam e discutem novos rumos para o desenvolvimento sustentável local. Entre os temas em destaque, as atividades de principal impacto ao meio ambiente da região, como mineração, agricultura, pecuária, gerenciamento costeiro, gestão de resíduos, entre outros. 

Equipes da secretaria também ministraram para técnicos de municípios do Marajó oficinas de Validação e Verficação de Cadastro Ambiental Rural (CAR), Licenciamento Ambiental e Fiscalização Ambiental durante o evento no município. 

Na noite de quinta-feira (23), o secretário adjunto de Regularidade Ambiental da Semas, Rodolpho Zahluth Bastos, proferiu palestra com o tema "Gestão Ambiental Compartilhada no Estado do Pará". Em seu pronunciamento, o secretário adjunto defendeu a troca de informações entre as entidades da administração ambiental do estado e dos municípios.

"Gestão ambiental compartilhada pressupõe gestão interfederativa, colaborativa, integrada entre os entes da administração ambiental dos municípios e do Estado. Nesse contexto, o órgão estadual busca diálogo permanente com os municípios no sentido de fortalecimento das capacidades de gestão municipal em diversas áreas, como regularidade ambiental, gestão costeira, licenciamento e educação ambiental", afirma Rodolpho Zahluth Bastos.

Ele destaca este modelo apresenta sua eficácia na atual gestão. "O diálogo para fortalecimento das capacidades de gestão ambiental dos municípios do Marajó já tem tido resultados, como a recente habilitação do município de Gurupá para análise e validação do CAR. Chaves é outro município com processo de habilitação já avançado. Somente nos últimos seis meses, já foram realizadas mais de 10 capacitações para municípios do Marajó". 

Gerente do setor de Gerenciamento Costeiro da Semas, Luciano Gomes Pereira proferiu palestra a respeito da política estadual de gerenciamento costeiro. "Em sua atuação, a Semas coloca em prática a Política Estadual e seus instrumentos para que o estado e os municípios possam trabalhar de forma integrada e participativa. Trabalhando o desenvolvimento sustentável, respeitando o meio ambiente, as comunidades tradicionais", pontua Luciano Pereira. 

Conferência - A Semas também participou no último dia 22 de conferência científica no auditório do Museu  de Arte Sacra de Belém. Em debate, alternativas para mitigar os  impactos  das mudanças climáticas e da poluição de origem humana nos  ecossistemas marinhos. O evento foi realizado por ocasião da ancoragem em Belém do veleiro de pesquisa Tara, entre os últimos dias 19 e 23. Luciano Pereira discursou na abertura do evento, falando sobre o trabalho do estado em gerenciamento costeiro. Clezio Fonseca, servidor da Gercoz da Semas, proferiu a palestra "Gestão Costeira no estado do Pará: perspectivas e desafios".

Por Bruna Brabo (SEMAS)