Acordo de financiamento garante 272 unidades habitacionais para agentes de segurança em Santarém

Governo do Estado, Banpará e iniciativa privada unem esforços para atender a uma demanda antiga da categoria

01/10/2021 01h15 - Atualizada em 01/10/2021 01h44

Governador Helder Barbalho no ato de assinatura do acordo de financiamento, ao lado de outras autoridadesDepois de mais de uma década de espera por agentes de Segurança Pública de Santarém, município da região Oeste, o governo do Estado, via Banco do Estado do Pará (Banpará), em acordo de financiamento com a iniciativa privada, viabilizará a construção do condomínio Boulevard Tapajós, com 272 unidades habitacionais, destinadas prioritariamente a policiais e bombeiros militares, policiais civis e penais, agentes de trânsito e peritos. O ato ocorreu após a inauguração da segunda agência do banco no município.

O governador Helder Barbalho destacou que o anúncio do empreendimento concretiza a continuidade de ações voltadas ao combate à violência no Pará. "Em dezembro de 2018 éramos o Estado mais violento do Brasil, e hoje, orgulhosamente, somos o Estado que mais diminuiu a criminalidade. Isso tem a ver com investimentos, em reconhecer como fundamental a valorização destes servidores, que precisam estar motivados para poder bem servir", ressaltou.

O presidente do Banpará, Braselino Assunção, na assinatura do acordo de financiamentoO Governo do Pará subsidiou mais de R$ 10 milhões para garantir acesso à moradia aos agentes de segurança. Em paralelo, a Prefeitura de Santarém, em parceria com a Câmara de Vereadores, aprovou uma legislação para isentar a categoria de determinadas taxações. O condomínio será construído em um terreno comprado em 2008, por meio de recursos de um fundo mantido pela Polícia Militar. 

"Em seguida, vamos assinar acordos de financiamento semelhantes em Marabá (no Sudeste) e dois em Ananindeua (Região Metropolitana de Belém), para chegar a mil unidades habitacionais o quanto antes. São obras que vão, inclusive, gerar emprego e renda no Estado. Eu peço aos empregadores locais que tenham a sensibilidade de priorizar a mão de obra local, para que estes recursos se tornem injeção de ânimo na economia da cidade", reforçou Helder Barbalho.

Sensibilidade - O comandante-geral da PM, coronel Dilson Jr., enfatizou os esforços da gestão estadual em atender a uma demanda reprimida há muitos anos. "Algo relegado e renegado por muito tempo, com a tropa sem condições de providenciar uma moradia digna. Graças à sensibilidade desse governo, com apoio do Banpará, que passa a operar carteira imobiliária graças à nossa demanda por moradias dignas", reiterou.A parceria com a iniciativa privada também é essencial na construção do condomínio

Ainda nesta quinta-feira (30), em Santarém, durante uma reunião com prefeitos da região do Baixo Amazonas, na Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), o governador do Estado assinou sete convênios com as prefeituras de Almeirim, Altamira, Placas, Porto de Moz e Rurópolis para compra de óleo diesel destinado ao maquinário que srá usado na recuperação de estradas vicinais, além da compra de uma retroescavadeira e uma motoniveladora para Alenquer, que também recebeu recursos para recuperação de vias rurais.

Por Carol Menezes (SECOM)