PC promove ação para emissão de cerca de 5 mil carteiras de identidade no sudeste paraense

06/10/2021 18h37

A emissão da Cédula de identidade é um dos serviços mais procurados em todos os municípios do Estado, pois o registro possibilita ao cidadão acesso a outros documentos, além da garantia de direitos. Por isso, a Polícia Civil do Pará, por meio da Diretoria de Identificação "Enéias Pinheiro", iniciou no último dia 30 de setembro, um mutirão para emitir carteiras de identidade em municípios da região sudeste.

O primeiro município foi Parauapebas, com ação realizada na Escola Evangelista; já nos dias 2 e 3, foi a vez da Escola Fernando Pessoa, local que recebeu 1.000 pessoas. Ao todo, 1.500 documentos de identidade foram emitidos gratuitamente no município. 

Em continuidade aos atendimentos, a equipe desembarcou na última segunda-feira (4), em Marabá, onde permanece até o próximo sábado (9). A ação, que está sendo realizada na Escola Anísio Teixeira, tem a expectativa de atender cerca de três mil marabaenses e moradores de locais próximo ao município com a emissão de 500 carteiras por dia. 

Para o delegado-geral, Walter Resende, que esteve presente em Marabá, a iniciativa da Instituição visa promover cidadania por todo o estado. "Após concluirmos com êxito a ação em Parauapebas, nossa equipe seguiu aqui para Marabá e já está atendendo a população. Nosso objetivo é diminuir a demanda de agendamentos e dar celeridade na emissão de um documento tão essencial a todos. A PCPA está presente, junto ao Governo do Pará, levando cidadania por todo nosso estado", comentou Resende.

Segundo o titular da Diretoria de Identificação, Jorge Almeida, essa é uma das ações que serão realizadas na região. "Durante esses dez dias, os servidores se deslocaram até os municípios e estão a postos para atender, da melhor forma possível, a demanda dos momentos. Nossa expectativa é concluir os cinco mil atendimentos e, retornar ainda esse ano com novas emissões", afirmou.  

A ação conta com a participação de 12 servidores da Instituição, além de todo apoio logístico das Prefeituras Municipais e do Secretário Regional do Sudeste do Pará, João Chamon.

Por Roberta Meireles (PC)