Emater promove encontro para valorizar equipe do Escritório Regional das Ilhas 

No âmbito do Projeto RH Itinerante, os participantes debateram vários temas, como Plano de Cargos e Salários e impactos da pandemia

07/10/2021 20h53 - Atualizada em 07/10/2021 23h24

Outubro é o mês que, no Brasil, é dedicado a homenagear os funcionários públicos. Como forma de valorizar esses profissionais, o núcleo de Recursos Humanos, vinculado à Coordenadoria de Desenvolvimento (Codes) da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), realizou nesta quinta-feira (07) um encontro, no âmbito do Projeto RH Itinerante, com a equipe do Escritório Regional das Ilhas, em Belém.

A ação visa trabalhar a motivação, contribuir para a qualidade de vida no ambiente de trabalho, auxiliar no gerenciamento de mudanças e atualizar documentos institucionais da empresa, como instruções normativas e regimento interno.Equipe de profissionais do Escritório Regional das Ilhas, homenageada pela Emater no mês dos servidores públicos

O Escritório Regional das Ilhas abrange 12 escritórios locais e atende mais de 4 mil famílias produtoras da Região Metropolitana de Belém e do Arquipélago do Marajó.

Motivação - "O servidor, quando está bem, fica motivado, e faz seu trabalho bem desenvolvido. Com isso, a empresa cresce. É fundamental uma gestão que valorize a saúde mental e a qualidade no trabalho, promovendo momentos de reflexões, estimulando bons relacionamentos interpessoais e integração dentro da instituição", destacou a pedagoga Jaira Pimentel, responsável pelo setor de Recursos Humanos da Emater e idealizadora do projeto.

Entre as questões abordadas, os participantes debateram a preocupação com os impactos da pandemia de Covid-19; o Plano de Cargos e Salários; a qualificação via pós-graduação, em andamento, e iniciativas de estímulo ao servidor, como premiações, além de segurança no trabalho, que inclui temas como vigilância sanitária e uso de equipamentos de proteção individual (EPIs).

"A avaliação do encontro com o setor de Recursos Humanos é positiva. Com uma ação dessa natureza, a gente, inclusive, se qualifica para melhorar nosso atendimento aos agricultores familiares, além de proporcionar um melhor ambiente de trabalho", disse o zootecnista da Emater, Ricardo Barata, supervisor regional das Ilhas.

O Escritório Regional dispõe de 12 equipes locais, que atendem agricultores familiares nos municípios de Belém, Ananindeua, Benevides, Marituba, Santa Bárbara do Pará, Cachoeira do Arari, Chaves, Muaná, Ponta de Pedras, Salvaterra, Santa Cruz do Arari e Soure. A equipe é formada por sete engenheiros agrônomos, um zootecnista, um engenheiro ambiental, uma socióloga, uma tecnóloga em agroindústria e dois assistentes administrativos.

Projetos - Além das atividades de assistência técnica e extensão rural (Ater), a unidade coordena projetos especiais, como o Empório Sustentável, crédito rural e ações planejadas dentro do Programa Territórios pela Paz (Terpaz), criado e executado pelo governo estadual.

Até setembro deste ano, mais de 300 projetos de financiamento foram aprovados com a intermediação de técnicos do Escritório Regional das Ilhas, totalizando mais de R$ 2 milhões em recursos, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), a maior parte na linha B, destinada a produtores com menor área de terra para produzir, uma característica da região.

Responsável pela área de Crédito Rural, a engenheira agrônoma Francisca Leite disse que "essa inciativa do ‘Recursos Humanos’ vir até nós é excelente. Momentos como este só tínhamos por ocasião do encontro de supervisores. E como temos ainda várias demandas, espero que esta ação possa continuar e retornar conosco", ressaltou a servidora.

A Emater é uma empresa pública de administração indireta do Estado do Pará, vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca (Sedap). Atua no setor agropecuário estadual desde 1965, e possui atualmente 972 servidores efetivos.

A equipe do Projeto RH itinerante também é composta pelas assistentes sociais Estela Palmeira e Eliana Chagas; pelo técnico em Segurança do Trabalho, Robert Mello, e pela pedagoga Ivanete Ferreira.

Texto: Paula Portilho - Ascom/Emater

Por Governo do Pará (SECOM)