Ordem de serviço garante a pavimentação do segundo lote da rodovia PA-220, a Transmaú

Pela primeira vez essa via receberá asfalto desenvolvimento, melhor escoamento da produção da agricultura familar, além de consolidar rota turística

08/10/2021 13h47 - Atualizada em 08/10/2021 15h30

O governador Helder Barbalho assina a ordem de serviço que assegura a pavimentação do segundo lote da Transmaú, a PA-220Com objetivo de promover uma mobilidade eficiente, o Governo do Pará assinou nesta sexta-feira (08) a ordem de serviço para construção e pavimentação do segudo lote da rodovia PA-220 (Transamaú), no trecho entre a Vila Fazendinha e a PA-395, que liga o município de Curuçá a Maracanã. O documento foi assinado pelo governador do Estado, Helder Barbalho, e o secretário de Estado de Transportes, Adler Silveira, no Palácio do Governo, em Belém. No total, o Estado vai investir mais de R$ 18 milhões nesta fase da obra.

"A primeira etapa desta obra já está em execução e estamos avançando agora para essa região de Água Boa para que possa se desenvolver, gerando emprego, renda, fortalecendo a vocação turística, a agricultura familiar e a pecuária. Hoje damos início à segunda etapa para que nós possamos concluir esse projeto da Transmaú e estamos aqui para reafirmar esse compromisso", disse o governador Helder Barbalho durante o ato de assinatura.  

O prefeito de Maracanã, Reginaldo Carrera, lembra que a rodovia que percorre 13 quilômetros do município nunca havia sido asfaltadaA ordem de serviço assinada pelo chefe do Executivo Estadual prevê a construção e pavimentação de 22 quilômetros da via, com serviços de terraplanagem, pavimentação, calçamento, canteiro central e sinalização. A rodovia interliga seis municípios e beneficiará cerca de 160 mil habitantes, além de facilitar o escoamento de produção, agricultura familiar e pecuária.

"Essa rodovia nunca antes havia sido pavimentada, ou seja, é a primeira vez que o asfalto chega nessa rodovia, transformando a vida das pessoas que moram neste trecho, pessoas que vão sair da lama e poeira . Além disso, a obra vai trazer desenvolvimento, escoamento de produção e agricultura familiar, também vai incentivar as pessoas a chegarem nesses municípios importantes para o turismo. É o Governo do Pará modificando a vida das pessoas e se fazendo cada vez mais presente", frisou secretário de Estado de Transportes, Adler Silveira.

Anderson Dias, prefeito Marapanim, diz que a obra beneficiará o turismo e o escoamento da produção da agricultura familiarPREFEITOS


Para o prefeito de Maracanã, Reginaldo Carrera, as obras trarão desenvolvimento para região nordeste paraense. "Estamos muito felizes com a assinatura da ordem de serviço da PA-220, que vai contemplar 13 km dentro da cidade de Maracanã. Essa rodovia nunca havia sido pavimentada antes no município. Vai ser uma obra importante, pois vai trazer melhorias para vários municípios que estavam na espera pela obra há muito tempo", disse o gestor.

O prefeito de Marapanim, Anderson Dias, ressaltou que a obra também beneficiará o turismo e o escoamento da produção em seu município. "É com muita alegria que estamos recebendo essa assinatura do segundo lote que contempla 22 km de asfalto, então isso é motivo de alegria e satisfação para todos nós", completou.

Por Bruno Magno (CPH)