Estado e prefeitura vão construir em Breu Branco complexo poliesportivo e praças

A parceria vai beneficiar moradores da área urbana e também da Vila de Nossa Senhora dos Remédios, na zona rural

08/10/2021 20h48 - Atualizada em 08/10/2021 23h19

O governador Helder Barbalho assinou nesta sexta-feira (08) três convênios com a Prefeitura de Breu Branco, na região Sudeste do Pará, para a construção de duas praças, sendo uma na sede municipal e outra na Vila de Nossa Senhora dos Remédios, e o terceiro estabelece a parceria para construção de um Complexo Poliesportivo na área urbana. Os espaços voltados ao lazer e ao bem-estar da população são considerados avanços para o desenvolvimento do município.

De acordo com o governador, "temos importantes conquistas para a comunidade. Um deles é o Centro Poliesportivo, com orçamento de quase R$ 5 milhões. São investimentos que trazem emprego, geram renda e deixam a cidade de Breu Branco mais bonita".Governador Helder Barbalho e o prefeito Flávio Marcos Mezzomo firmaram a parceria que garante obras para esporte e lazer

Estrutura inédita - O terreno onde será construído o Complexo Poliesportivo já começou a ser preparado para a obra. A parceria entre a Prefeitura de Breu Branco e o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop), vai permitir que, pela primeira vez na história do município, a comunidade ganhe uma estrutura desse porte.

“O nosso papel, dentro da política pública de desenvolvimento dos municípios, é amparar as demandas que as cidades têm para organização e infraestrutura. Hoje, nós nos sentimos muito felizes em dar esse amparo aos municípios. Aqui em Breu Branco, as nossas ações são para atender as necessidades dos cidadãos”, ressaltou o titular da Sedop, Ruy Cabral.   

A construção da praça na vila de Nossa Senhora dos Remédios, a cerca de 30 minutos da área central da sede municipal, foi o primeiro convênio assinado durante a extensa agenda de trabalho do governador em Breu Branco. A praça que será construída deve ocupar o lugar da antiga Praça São Cristóvão, onde hoje os equipamentos estão enferrujados e as lojas do entorno fechadas.

A comerciante Divane Nunes Lopes tinha um boxe no espaço, mas o local foi desativado. Para ela, a construção de um novo espaço é uma excelente notícia para os moradores. “A situação da praça tem que melhorar. Eu tenho fé em Deus que vai melhorar muito. Quando ficar pronto, nós todos vamos ter como trabalhar melhor”, contou a moradora.

Por Ronan Frias (COHAB)