Emater fortalece agricultura paraense com foco na sustentabilidade da produção no campo

Órgão atua há mais de cinco décadas com a missão de promover o desenvolvimento sustentável, por meio do conhecimentos e tecnologias que contribuam com a melhoria da qualidade de vida da sociedade rural

17/10/2021 12h04 - Atualizada em 17/10/2021 13h39

Neste domingo (17) é celebrado nacionalmente o Dia da Agricultura como forma de valorizar uma das atividades mais antigas da humanidade: a “arte” de cultivar a terra, retirando dos campos alimentos essenciais para a subsistência e manutenção da economia mundial. É nesse contexto que atua a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), há mais de cinco décadas presente nos 144 municípios paraenses, e como órgão oficial de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) do Pará, por meio de 12 escritórios regionais e a força de trabalho de 972 servidores.

O órgão estadual tem a missão de promover o desenvolvimento sustentável, por meio do conhecimentos e tecnologias que contribuam com a melhoria da qualidade de vida da sociedade rural.

Natural de Igarapé-Açu, nordeste paraense, Tomires Athayde se dedica à criação de galinha caipira e ao cultivo de hortaliças e frutíferas, principalmente banana, carro-chefe de sua produção no Sítio Agroecológico Tolú, no KM-02 da rodovia PA-320. "Na propriedade, trabalhamos eu e minha família (seis pessoas). O apoio da equipe da Emater de Igarapé-Açu é fundamental para nós, pois com essa assistência, este ano, comercializamos 3 mil quilos de banana para os programas de Alimentação Escolar (Pnae), e de Aquisição de Alimentos (PAA)", contou o produtor rural.

Além da emissão de Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento a Agricultura Familiar, a DAP, documento de acesso às políticas públicas como Pnae e PAA, os técnicos da Emater também viabilizam, por meio de projetos, recursos de crédito rural.

Até setembro deste ano, os recursos liberados pelo Banco da Amazônia, por meio de 625 projetos de financiamento desenvolvidos pelas equipes técnicas da Emater, alcançaram o montante de R$ 20 milhões para o fomento de diversas cadeias produtivas pelos municípios paraenses, através de investimentos em implantação, ampliação ou modernização da estrutura de produção, beneficiamento, industrialização e de serviços em empreendimento rural ou em áreas comunitárias rurais, visando a geração de renda e a qualificação da mão-de-obra familiar.

Para a presidente da Emater-PA, Lana Roberta Reis, também se deve enfatizar a importância de esforços empreendidos em conjunto com outras instituições. “Como Emater temos muitos desafios e por isso, a importância das parceria, pois quando somamos nossos esforços temos resultado. Quando dizemos que a Emater está presente nos 144 municípios do Pará, é o governo estadual que está presente em todos os municípios”, afirmou a presidente.  

Texto: Paula Portilho/ Ascom Emater

Por Luana Laboissiere (SECOM)