Com acesso ao credito, Emater fortalece produção rural em Marabá e região

04/11/2021 15h27

Em sua propriedade rural  na vicinal Jenipapo, distante 10km da sede do município de Brejo Grande do Araguaia, sudeste paraense, Severino Gomes Pereira, de 74 anos, se dedica à agropecuária com foco na bovinocultura de corte, desde os anos 70. Sentindo a necessidade de reativar a cadeia leiteira, como forma de aumentar a receita familiar, o produtor rural procurou o Escritório Regional de Marabá da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), buscando assessoramento para obter financiamento para fomentar a produção de leite.

"Sempre trabalhei com criação de gado de corte e de leite, mas agora a produção leiteira está precisando de investimento para voltar a gerar renda. Então, vim buscar orientação da Emater, com meus documentos para a elaboração de projeto de crédito rural para investir na pecuária leiteira", disse Seu Severino.

De acordo o técnico em agropecuária da Emater Camilo dos Santos Filho,  o recurso a ser pleiteado, via Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), será destinado a aquisição de matrizes bovinas com aptidão leiteira  e estruturação do espaço.

"A expectativa, com melhoramento genético animal, com espaço adequado para atividade, ordenha orientada, é conseguir alcançar uma média de produção de 16 litros de leite por dia" conta o técnico da Emater.

Até setembro deste ano, o montante de recursos viabilizados através de projetos elaborados pelos técnicos do Escritório  Regional, via Banco do Brasil e Banco da Amazônia, chegou a R$ 5 milhões."Com acesso à  linhas de financiamento do Programa Nacional de Fortalecimento a Agricultura Familiar, o Pronaf, Programa Fomento,  Programa Nacional de Crédito Fundiário, o PNCF, para investimentos em diversas cadeias produtivas  nossas equipes em 21 municípios atendem a 575 famílias produtoras",  destacou o supervisor regional de Marabá, Aguiberto Zico Rodrigues.

O Escritório Regional de Marabá da Emater abrange os escritórios locais de Abel Figueiredo, Bom Jesus do Tocantins, Brejo Grande do Araguaia, Breu Branco, Canaã dos Carajás, Curionópolis, Eldorado dos Carajás, Goianésia do Pará, Itupiranga, Jacundá, Marabá, Nova Ipixuna, Novo Repartimento, Palestina do Pará, Parauapebas, Piçarra, Rondon do Pará, São Domingos do Araguaia, São Geraldo do Araguaia, São João do Araguaia e Tucuruí.

Texto: Paula Portilho (Ascom/Emater)

Por Governo do Pará (SECOM)