Mais de 200 equipamentos a PCDs são entregues pelo Governo a usuários do TerPaz

01/12/2021 17h17 - Atualizada em 01/12/2021 19h50

O governador do Estado, Helder Barbalho, e a primeira-dama, Daniela Barbalho, entregaram na manhã desta quarta-feira (1), mais de 200 equipamentos necessários às Pessoas com Deficiência (PCDs), como cadeiras de rodas, cadeiras de banho, banhitas e carrinhos a moradores de sete territórios de Belém, Ananindeua e Marituba que foram atendidos pelo Programa TerPaz e pelas ações de cidadania no Curuçambá e PAAR ao longo deste ano.

Ocorrida na Fundação Cultural do Pará (Centur), a solenidade de entrega foi a última deste ano e registrou a marca de mais de 2 mil equipamentos já entregues pelo governo do Estado durante as ações do TerPaz.

Na condição de representantes simbólicos de cada território, os moradores Glauber Evangelista da Silva, da Cabanagem; Raul Lucas Medeiros, do Jurunas; Alison Carvalho, do Bengui; João Pedro Viana, do Guamá; Creuza Nunes, da Terra Firme; Ailson Menezes, do Icuí Guajará; Bruno Paixão, de Marituba; Maria Maia de Abreu, da ação Cidadania do Curuçambá e Abel Rosário Rodrigues, da ação Cidadania do PAAR, receberam os equipamentos pelas mãos do governador Helder Barbalho e da primeira-dama, Daniela Barbalho.

Na ocasião, o governador destacou o conceito do programa TerPaz nesses três anos de realização. “É unir um conjunto de ações em torno de um público-alvo para transformar a realidade social daquele território. É uma alegria cumprir mais essa etapa de benefícios e de serviços que tem se transformado numa rotina diária neste governo, que busca ser ágil e atento aos problemas estando perto da população, com quem temos contato e o olhar no olho permanente”, explicou.

Aos presentes na solenidade, Helder Barbalho ainda destacou as recomendações que tem feito a toda a gestão que atua no programa. “Não podemos perder a capacidade de ouvir e agir com o intuito de melhorar a vida das pessoas. O sucesso do TerPaz tem muito a ver com isso, porque é o resultado da união dos nossos 36 órgãos pelo bem-estar da população”, disse.

A primeira-dama Daniela Barbalho também fez suas considerações na solenidade. “O TerPaz deu dignidade e cidadania a essas pessoas e a esses bairros atendidos, no sentido de empoderar, dar a dignidade e cidadania necessária a essa população. O que queremos é incluir, dar voz e fortalecer os moradores, com a chegada das Usinas da Paz. Já entregamos a do Icuí-Guajará e cumpriremos as agendas para as entregas das demais”, contou.

O secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, destacou os feitos do programa TerPaz e a participação da Sespa nesse processo. “Isso é uma marca que foi construída e está sendo consolidada pelo governo do Estado: a garantia de direitos a pessoas que até 2018 eram excluídas pelo poder público. As pessoas agora são vistas e a chegada das Usinas da Paz serão a realização de todo esse trabalho constituído. Nesse contexto, a Sespa já realizou mais de 315 mil atendimentos e fez a distribuição de mais de 2 mil equipamentos às PCDs”, relatou.

“O TerPaz oferta ações de saúde, capacitação técnica, subsídios para a aquisição e/ou reforma habitacional, educação ambiental, disponibilização de crédito para empreendedorismo e fomento aos arranjos econômicos locais, assim como atendimentos específicos para mulheres provedoras do lar e para os jovens, dentre outras. Nesses três anos, posso assegurar que esses territórios vivem um outro momento, de mais união e transformação social. O número de atendimentos pode falar por si só”, relatou, na ocasião, o secretário estratégico de Articulação da Cidadania, Ricardo Balestreri.

Entre os moradores que receberam equipamentos está Rui Ferreira, 49 anos, artesão, mora no Curuçambá, em Ananindeua, vai receber cadeira de rodas e cadeira de banho novas. “Tenho deficiência há 11 anos, sou paraplégico, a minha cadeira de rodas está toda velha. Participei da ação de saúde, fiz um cadastro e hoje estou aqui recebendo esse equipamento, estou muito feliz”, relatou.

Lurdes Serra, 46 anos, pedagoga, e a irmã Rita Serra, moram na Cabanagem e receberam a cadeira de rodas para a mãe, Celina Serra, de 80 anos. “A nossa mãe está com fratura no fêmur e um problema no joelho, então ela não anda há quase 10 anos. Hoje ela tem uma cadeira de rodas, mas está muito usada. Receber essa nova cadeira é um sentimento de gratidão. O governo está dando um olhar diferenciado para essas pessoas que estavam invisíveis, criando essa oportunidade”, relata Lurdes.

Bruno Henrique, de 25 anos, estudante, mora em Marituba. “Hoje vou receber uma cadeira de rodas nova e de banho, pois já tenho uma que está bem precária. É gratificante receber uma cadeira de roda nova, participei da ação de saúde não tem muito tempo e já estou aqui recebendo uma nova”, disse.

Na solenidade de entrega no Centur estiveram presentes, entre outras autoridades, o secretário adjunto da Sespa, Sipriano Ferraz; a coordenadora do TerPaz pela Sespa, Alessandra Amaral; a coordenadora estadual da Pessoa com Deficiência pela Sespa, Iracy Tupinambá; a prefeita de Marituba, Patrícia Mendes; o deputado Gustavo Sefer e o presidente da Câmara dos Vereadores de Belém, Zeca Pirão.

(Com a colaboração de Paulo Garcia - Ascom/Seac)

Por Mozart Lira (SESPA)