Estado abre espaço para vacinação contra a Covid-19 no Aeroporto de Belém

Além das vacinas contra Covid, Influenza e Tríplice Viral, profissionais da Sespa vão continuar oferendo a testagem aos passageiros

03/12/2021 21h18 - Atualizada em 03/12/2021 22h40

O posto de vacinação instalado pela Sespa na área de desembarque do Aeroporto Internacional de BelémO Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), instalou nesta sexta-feira (03), na área de desembarque do Aeroporto Internacional de Belém, um espaço de vacinação contra a Covid-19, que funciona simultaneamente com a Central de Testagem RT-PCR, em atividade desde julho deste ano. A ação disponibiliza doses das vacinas Oxford/AstraZeneca, Coronavac/Sinovac e Pfizer, além das vacinas contra Influenza e a Tríplice Viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.O espaço dispõe de vacinas contra Covid-19, gripe, sarampo, rubéola e caxumba

Realizada pelas equipes da Sespa, a ação funcionará diariamente, das 8 às 18 h, por tempo indeterminado. A decisão de vacinar pessoas no Aeroporto atende a uma estratégia do governo do Estado que visa elevar a cobertura vacinal contra a Covid-19 em todo o Pará, por meio de várias linhas de ação, como as que ocorrerão nas ações do TerPaz (Programa Territórios pela Paz), a partir deste sábado (04), e nos demais finais de semana, como também nas atividades conjuntas com o Ministério da Saúde e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) em 10 municípios prioritários: Altamira, Ananindeua, Cametá, Castanhal, Itaituba, Marabá, Redenção, Santarém, São Félix do Xingu e Tucuruí, que foram selecionados a partir da avaliação dos dados epidemiológicos e de cobertura vacinal.

Além de elevar a cobertura vacinal, essas iniciativas pretendem atualizar os dados no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI) e promover uma grande mobilização social a favor da vacinação em massa contra a Covid-19 no Pará.Coleta de Swab nasofaríngeo é outro serviço oferecido pela equipe da Sespa

Abordagem rápida - Assim como vem ocorrendo com o fluxo de testagens, a vacinação é voluntária e os passageiros são abordados por técnicos da Sespa já na sala de desembarque. Na sequência, são atendidos pelos profissionais da Secretaria para o preenchimento de ficha com dados pessoais e realização da vacinação ou da coleta de Swab nasofaríngeo.

A abordagem dura de 3 a 5 minutos, e não toma muito tempo do passageiro, que fornece alguns dados, sobretudo onde ficará no Estado. No caso da vacinação, a aplicação será para quem busca a 1ª, 2ª e 3ª dose (reforço), após cinco meses da segunda dose. Para participar é necessário levar CPF e comprovante das doses já realizadas, seja por meio da carteira impressa ou pelo aplicativo “Conecte SUS”.

O Aeroporto Internacional de Belém é o primeiro do Pará a oferecer vacinação contra a Covid-19. Na capital, as atividades contam com o apoio da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

O secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho, avalia que o trabalho feito pelas equipes da Sespa confirma o compromisso do governo estadual em combater a Covid-19 com transparência e rapidez. “A expectativa é que tenhamos mais pessoas protegidas e possamos melhorar nossa cobertura vacinal”, reitera.

Por Mozart Lira (SESPA)