Atletas de boxe do Pará sobem no ringue com apoio da Seel

Equipe com oito pugilistas irá representar o Pará no 19º Campeonato Brasileiro Elite Feminino e no 76º Campeonato Brasileiro Elite Masculino, em Cuiabá, a partir deste sábado (04)

04/12/2021 08h33 - Atualizada em 04/12/2021 10h08

Oito pugilistas paraenses irão representar o estado no 19º Campeonato Brasileiro Elite Feminino e o 76º Campeonato Brasileiro Elite Masculino. O ringue, que contará com as presenças de atletas olímpicos, como Hebert Conceição, inicia neste sábado (04), segue até o dia 12, em Cuiabá, no estado do Mato Grosso. Para a competição, os paraenses foram apoiados pela Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel). 

Com 11 títulos de campeã brasileira, Táynna Cardoso, pela categoria 60 kg, está em busca de mais uma conquista. "Cheguei fazer parte da seleção brasileira de boxe feminino, e neste campeonato estamos indo representar o estado, e mesmo com todas as dificuldades existentes, estamos felizes com a retomada das atividades esportivas, pois existem muitas crianças e adolescentes em vários projetos que se inspiram em nós", diz a pugilista. 

O mais jovem entre os atletas é João Lima, 19 anos, que entrará no ringue pela categoria 69 kg. Com cinco títulos paraenses, o lutador vai para a sua segunda disputa nacional. 

“Acho importante nós falarmos do apoio da Seel no incentivo ao esporte, em especial o boxe que é um esporte popular, que atrai vários simpatizantes e também atletas. Tanto que ele está presente também nas Usinas da Paz. Então, o incentivo possibilita que cada vez mais surjam novos atletas para conquistar títulos nacionais e internacionais”, disse Vitor Borges, secretário-adjunto da Seel.

A equipe também será composta por Thiago Silva, pela categoria 52 kg; Alessandro Pereira, na categoria 57 kg; Felipe Sanches, nos 63 kg; Cleyson Silva, nos 75 kg; Alexandre Lima, nos 81 kg; e Fábio Lemos, na categoria +91 kg. Também incentivados pela Seel e estarão no evento esportivo é Rondinei Veloso e Bianor Silva (Pirro).

“Temos a intenção de garantir medalhas para toda a equipe, estamos treinando forte, visando os melhores lugares, assim conseguiremos garantir futuros patrocínios e apoios e quem sabe até mesmo a Bolsa Atleta com a qual teremos um incentivo ainda maior representando o estado do Pará”, conta Thiago Silva, atleta.

O 19º Campeonato Brasileiro Elite Feminino e o 76º Campeonato Brasileiro Elite Masculino contam pontos para o ranking nacional e ainda abrem a possibilidade aos atletas de garantir vagas na Seleção Brasileira da modalidade.

Texto: Bianca Rodrigues/Ascom Seel

Por Luana Laboissiere (SECOM)