Igeprev prorroga prazo de atualização cadastral no Regime Próprio de Previdência do Estado

Terão o benefício cancelado os segurados aposentados e pensionistas que não comparecerem ao censo até o dia 8 do mês de março do ano de 2022

07/12/2021 15h27 - Atualizada em 07/12/2021 16h20

Atendimento para atualização dos dados no Censo Previdenciário deve ser agendado com antecedência junto ao IgeprevO Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Pará (Igeprev) prorrogou por 90 dias o prazo para a conclusão do Censo Previdenciário 2021, que agora vai encerrar no dia 8 de março de 2021. Em todo o Pará, 14.211 segurados ainda não procuraram o Igeprev para o recenseamento.

“Estender o prazo foi necessário para evitar o cancelamento de milhares de benefícios. Sabemos da importância desse recurso para o sustento das famílias. Por isso, convocamos todos os segurados que ainda não compareceram ao censo”, disse o presidente do Igeprev, Giussepp Mendes.

A maior parte dos faltantes reside na Região Metropolitana de Belém (10.114). No nordeste do Pará, 1.903 aposentados e pensionistas ainda não atualizaram os dados; nos municípios do sul e sudeste do Pará, 877 segurados estão com o recadastramento pendente; além de 587 beneficiários da região do Tocantins; 211 do Marajó; e 519 da região oeste.

Agente do Igeprev atualiza o cadastro de servidor no Censo que tem o objetivo de contribuir com as ações de educação previdenciáriaO censo, que foi iniciado em novembro de 2020, tinha data de conclusão marcada para o dia 8 de dezembro de 2021. Contudo, devido à quantidade de beneficiários que ainda não compareceram, os trabalhos do censo foram prorrogados até 8 de março de 2022.

O comparecimento é obrigatório a todos os aposentados e pensionistas do Regime Próprio de Previdência do Estado do Pará, que tiveram o benefício concedido antes de novembro de 2020. Para participar do censo, é preciso agendar o atendimento no site igeprev.pa.gov.br.

Durante a prorrogação, o atendimento aos segurados será realizado na sede do Igeprev, em Belém.

O policial militar aposentado Afonso da Silva, de 57 anos, não teve dificuldades para fazer o recadastramento na sede do Igeprev. “Demorei para vir porque adoeci e esperei melhorar, mas o atendimento foi dez".

Para que serve o Censo Previdenciário?

O Censo tem o objetivo de atualizar os dados cadastrais e viabilizar a elaboração de ações de gestão e educação previdenciária. Por determinação da Lei Federal nº 10.887/2004, todos os regimes próprios de previdência devem fazer o recadastramento de seus segurados a cada cinco anos.

Por Cácia Medeiros (IGEPREV)