Ceasa realiza Dia D de vacinação contra a Covid-19

07/12/2021 16h21 - Atualizada em 07/12/2021 16h54

A responsabilidade social marcou esta terça-feira (7), nas Centrais de Abastecimento do Pará (CEASA-PA). Uma ação de vacinação contra a Covid-19 ocorreu no local de 9h às 15h, no auditório Fernando Guilhon, no prédio administrativo da instituição. A vacinação foi uma parceria com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesma).

Além dos servidores, a ação alcançou permissionários, trabalhadores do Complexo do Mercado e os moradores da área do Porto, localizado no entorno. Pessoas de outros bairros que estavam no local e ainda não tinham sido vacinadas também receberam uma dose. 

Foram ministradas doses para aqueles que não haviam tomado a 1ª dose, 2º dose e que já imunizados com as duas doses, receberam a 3º dose de reforço vacinados com as duas doses até o mês de julho.

João Leandro Barbosa, de 53 anos, trabalhador autônomo não perdeu a oportunidade de tomar a sua primeira dose da vacina contra a Covid-19. Ele veio de Icoaraci e falou da alegria em cuidar de sua saúde. “Levei tempo para me vacinar, muitas pessoas não queriam e hoje começam a entender como eu, a importância da vacina para evitar a doença, esse vírus mata e nós temos que nos cuidar e eu estou aqui muito feliz tomando a minha primeira dose”, ressaltou.

João BarbosaO servidor Marcelo Rodrigues, 39 anos, destacou a necessidade da vacina para conter de vez a pandemia. “É uma satisfação estarmos participando desta campanha para combater o vírus e as variantes e vencer de vez essa pandemia e voltar a vida normal”. A opinião foi compartilhada pela estagiária, Kenia Veloso, 20, estudante de Direito, que destacou a relevância da vacinação para os mais jovens. “Nós temos hoje, uma rotina muito corrida, trabalho, estudo, laser, viagens, nós vivemos em atividades múltiplas e a vacina é uma forma de segurança e de garantir o bem estar de nossa saúde”, enfatizou.

O permissionário Claudenir Francisco da Silva, 54 anos, que trabalha há 41 anos nas Centrais, tomou sua primeira dose da vacina e convocou os amigos para a vacinação. “A vacina não é importante apenas para nós mas também para a nossa família. Eu quero que todos se vacinem para se acabar com essa pandemia e a gente voltar a viver, sem ver pais, filhos, amigos perdendo a vida para esse vírus. Se a gente não vacinar podemos até levar o vírus pra dentro de casa, e quanto mais gente se vacinar nós vamos acabar com isso”, arrematou.

Permissionário Claudenir da SilvaA enfermeira, Laila Portal, da coordenação de Imunização da campanha de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), pede conscientização para que todos se vacinem. “Estamos trabalhando para que todas as pessoas possam ser imunizadas, precisamos da conscientização de cada um para que o quadro vacinal mude e as pessoas não adoeçam mais, suas famílias, amigos, O Decreto do Governo do Estado é pontual reforçando que as pessoas precisam estar vacinadas para entrar nos locais públicos e privados e para exercer suas atividades diárias com segurança e saúde”, enfatizou.

Quem também esteve na CEASA para se vacinar foi o chefe geral da Embrapa Amazônia Oriental, no Pará, Walkymario Lemos, acompanhado da Diretora Administrativa da Embrapa, Maria Rosa Travassos, ambos imunizados com a terceira dose de reforço. “Esta ação permite ampliar a imunização na Ceasa e no seu entorno. Como instituições públicas temos um papel estratégico de prezar pela segurança, pela saúde da população, e campanhas desta natureza aumentam a imunidade coletiva, e seguramente todos ganharão, os já imunizados com o reforço da terceira dose e os que estão se vacinando agora”, observou Lemos.

Chefe Geral Embrapa Walquimário LemosO presidente das Centrais de Abastecimento do Pará (CEASA-PA), José Scaff Filho, aproveitou para tomar a terceira dose de reforço contra a Covid-19 e ressaltou que é vital que todos se vacinem para que a vida volte a sua normalidade. “Estamos alinhados com as diretrizes do governador Helder Barbalho, buscando imunizar servidores, profissionais do mercado, terceirizados e a população em geral. É muito importante estimular a vacinação contra a Covid-19, para nos protegermos desta terrível doença que tanto nos fez e faz sofrer, que ceifou tantas vidas no planeta, e a vacina é o melhor caminho para determos este vírus e retornarmos o quanto antes para nossa normalidade”, arrematou Scaff.

Por Bernadete Barroso (CEASA)