Hospital Regional do Tapajós avança no atendimento a pacientes dialisados

Unidade ultrapassou a marca de 1.000 procedimentos de hemodiálise realizados

08/12/2021 09h32 - Atualizada em 08/12/2021 11h35

Paciente Railson Ramalho durante sessão de hemodiálise no HRTO serviço de Hemodiálise do Hospital Regional do Tapajós (HRT), da rede pública do Governo do Estado, já realizou, desde o início do atendimento, 1.021 procedimentos em pacientes com insuficiência renal aguda e/ou crônica. Por mês, o HRT chega a realizar 351 sessões de hemodiálise, em média.

O setor de Nefrologia do HRT possui atendimento especializado com uma equipe de médicos nefrologistas de plantão 24h, equipe de enfermagem e técnicos de enfermagem, nutricionista, assistente social e psicólogo. Além de técnicos responsáveis pela manutenção e tratamento da osmose portátil e fixa.

A dona de casa Elisiana Albuquerque, de 46 anos, moradora de Itaituba, realiza três sessões semanais de hemodiálise no HRT, e conta que antes de iniciar o tratamento de hemodiálise na unidade de Itaituba, passou 8 anos morando em Santarém, a cerca de 370 km da cidade. Ela relata que foi um momento difícil, pois além das despesas com aluguel e alimentação, precisou cuidar do filho com deficiência.

"Aqui (em Itaituba) meu filho recebe atendimento e voltou a estudar. O atendimento aqui do hospital é muito bom, ficou melhor para mim, pois voltei a morar na minha cidade natal e consigo ter mais tempo para cuidar do meu filho", conta a paciente.

Outro que aprova o tratamento destinado aos pacientes renais é o jovem Railson Ramalho, de 23 anos, que atualmente mora em Itaituba, mas antes também realizava tratamento em Santarém. Railson relata que tem somente a agradecer pelo atendimento prestado no HRT.

"Melhorou bastante a minha rotina com o atendimento aqui no regional de Itaituba. Em Santarém, eu morava longe do setor de hemodiálise, o que dificultava minha rotina e acesso. Além de ter que passar a maior parte do tempo longe da minha família. Agora, graças a esse atendimento com a hemodiálise, estou mais próximo da minha esposa", relata o jovem.

Hemodiálise é o procedimento através do qual uma máquina filtra e limpa o sangue, fazendo parte do trabalho que o rim doente não pode fazer. O procedimento retira do corpo os resíduos prejudiciais à saúde, como o excesso de sal e de líquidos.

Os atendimentos são feitos de segunda-feira a sábado, nos três turnos.

Texto: Moisés Sodré/ Ascom HRT

Por Luana Laboissiere (SECOM)