Regional Belém do Serpro se instala no PCT Guamá

Modelo de ocupação predial e convergência na área de atuação atraíram a empresa pública federal ao Parque de Ciência e Tecnologia

10/12/2021 19h00 - Atualizada em 10/12/2021 20h34

Um encontro de autoridades da área de tecnologia marcou a inauguração da sede da Regional Belém do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) no Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá, em Belém, nesta sexta-feira (10), no prédio Espaço Inovação. O Serpro é considerado líder no mercado de Tecnologia da Informação (TI) para o setor público.

A empresa tem presença nacional e ampla experiência com sistemas da administração pública federal. Segundo gestores, a Regional Belém atua principalmente em produtos internos que sustentam a administração do Serpro; no Radar, sistema que faz a parametrização da emissão de infrações de trânsito, e no sistema Gov.br, ambiente que reúne serviços do Governo Federal.Solenidade de instalação do Serpro na estrutura do Parque de Ciência e Tecnologia Guamá

No PCT Guamá, cerca de 80 funcionários do Serpro estão lotados em salas dos prédios dos Espaços Empreendedor e Inovação. “Eu penso que a mudança do Serpro Belém para o PCT Guamá é uma oportunidade única de compartilhar conhecimento, experiência, novas tecnologias e inovações, que podem ser revertidas em prol do cidadão do Estado brasileiro. Acho uma grande oportunidade que tem nossa Regional Belém em se valer desse dinamismo e desse olhar empreendedor que o local tem”, ressaltou o diretor de Administração do Serpro, Antônio de Pádua Passos.

Interação - De acordo com a gerente de Divisão, Alinna Amaral, a possibilidade de interação com outras iniciativas residentes e o modelo de ocupação predial oferecido pelo Parque foi um dos fatores determinantes para a mudança. “Nós precisávamos otimizar o nosso espaço. A sede anterior foi desenvolvida há aproximadamente 35 anos. À época, o modelo de trabalho do Serpro era muito diferente. O nosso custeio estava insustentável, e era um dispêndio de recursos públicos”, afirmou.PCT Guamá: Conhecimento, inovação e tecnologia no mesmo local

“Pesquisamos diversas empresas e centros comerciais, mas encontramos a perfeição no PCT Guamá. Principalmente por ser voltado ao nosso ponto de interesse, já que a gente converge para o ramo de tecnologia. Estarmos inseridos hoje dentro do polo de tecnologia do PCT Guamá deu uma visibilidade muito grande para nós, enquanto Regional Belém, dentro do próprio Serpro”, acrescentou Alinna Amaral.

O evento contou com as presenças do titular da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefa), René Sousa Júnior; do presidente da Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), Marcos Brandão; do diretor da Companhia de Tecnologia da Informação de Belém (Cinbesa), Bruno Batista; do diretor da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Superior, Profissional e Tecnológica (Sectet), Leôncio Siqueira; de representantes da Associação das Empresas Paraenses de Software e TIC (ParaTIC), e de clientes do Serpro, representados pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

Por Juliane Frazão (PCTGuamá)